Home Cidadania Feira tem repentista, show, samba, programação infantil e debates
Reforma agrária

Feira tem repentista, show, samba, programação infantil e debates

Coordenador do MST cita escola de samba e defende 'nova estética' para que a esquerda consiga ampliar diálogo com a sociedade
Publicado por Vitor Nuzzi, da RBA
18:20
Compartilhar:   
Pablo Vergara/Brasil de Fato
MST

Para coordenadores, eventos como a feira ajudam a aumentar a compreensão sobre a relevância da reforma agrária

 São Paulo – A apresentação do pernambucano Siba, às 17h, é uma das atrações desta sexta-feira (4) na 3ª Feira Nacional da Reforma Agrária, no Parque da Água Branca, em São Paulo. Depois dele, se apresenta o cantor maranhense Tião Carvalho. Outra apresentação aguardada é da escola de samba carioca Paraíso do Tuiuti, que chamou a atenção no desfile de carnaval deste ano com críticas à política e a Michel Temer, apresentado como vampiro. (Confira abaixo a programação completa). A feira terá também venda de livros, café literário, troca de sementes e exposição e venda de artesanato, além de programação destinada às crianças.

Para João Paulo Rodrigues, integrante da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a esquerda precisa apresentar “uma nova estética” para dialogar com os diversos setores da sociedade, como a juventude. Ele avalia que o desfile da Paraíso do Tuiuti, que tratou de escravidão, reforma da Previdência e “manifestantes fantoches”, conseguiu esse objetivo.

Para ele e para Débora Nunes, também da direção do movimento, eventos como a feira ajudam a aumentar a compreensão sobre a relevância da reforma agrária não só para os trabalhadores do campo. “Muitos mais que uma feira de comercialização de produtos saudáveis da reforma agrária, (é uma forma de) prestar contas e dialogar com a sociedade.”

A primeira apresentação desta sexta-feira está marcada para as 10h, com o grupo de música e literatura Trem de Cordas. Em seguida, às 11h, é a vez da cantora Karina França. Estão previstos seminários sobre biodiversidade, alimentação saudável, políticas públicas e água. 

Às 10h do sábado, haverá uma conferência com o tema Alimentação saudável, um direito de todas e todos. Às 11h, tem a apresentação dos violeiros que formam o grupo Catira de Piracaia. A cantora Ana Cañas canta às 16h30, e em seguida será a vez de Otto (17h20) e Ilê Aiyê (18h30). O dia ainda tem mais seminários, sobre a vereadora Marielle Franco, agrotóxicos e saúde no Brasil.

A bateria da Tuiuti toca às 17h30 do domingo, último dia do evento. A última apresentação será de Martinho da Vila, às 18h45.

feira