Economista solidário

Coleta de recursos para filme sobre Paul Singer vai até o dia 13

Até esta terça (4), foram arrecadados dois terços da quantia prevista para viabilizar o documentário

Reprodução
paul-singer-filme.JPG

Arrecadação coletiva para o projeto do filme ‘Paul Singer – uma história do Brasil’ tem mais nove dias

São Paulo – “Eu diria que o grande objetivo da esquerda é levar a democracia ao seu limite”, diz em vídeo o economista e intelectual Paul Singer, de 85 anos, tema de um documentário que deverá ser produzido com recursos obtidos por meio de uma “vaquinha” virtual. A arrecadação para o projeto, que terminaria amanhã, foi prorrogada até o próximo dia 13, e ainda falta um terço dos recursos previstos.

Até as 17h30 desta terça-feira (4), haviam sido arrecadados R$ 86.655, 66% da meta do projeto, de R$ 130 mil. O número de apoiadores chega a 491. As doações podem ser feitas a partir de R$ 10, no endereço www.catarse.me/paulsinger. O documentário será dirigido por Ugo Giorgetti.

Segundo o também economista Fernando Kleiman, o projeto do filme Paul Singer – uma história do Brasil foi feito por um grupo de admiradores de Singer, austríaco de origem que chegou ao país em 1940 e aos 70 anos se “reinventou”, abraçando a causa da economia solidária. Ele se define como “um brasileiro típico”, lembrando que boa parte não nasceu aqui ou, se nasceu, não mora em sua região de origem. “No entanto, se tomaram de amores pelo lugar em que estão.”

 

Leia também

Últimas notícias