Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2017 / 05 / Sabesp tem lucro 450% maior e reduz em 95% investimento em novos projetos

são paulo

Sabesp tem lucro 450% maior e reduz em 95% investimento em novos projetos

Apesar do lucro cinco vezes maior no ano passado em relação a 2015, companhia reduziu drasticamente a contratação de novos projetos desde 2013, diz entidade
por Rodrigo Gomes, da RBA publicado 05/05/2017 12h52, última modificação 05/05/2017 13h37
Apesar do lucro cinco vezes maior no ano passado em relação a 2015, companhia reduziu drasticamente a contratação de novos projetos desde 2013, diz entidade
Eduardo Saraiva/A2img
sabesp

A falta de investimento da Sabesp em novos projetos pode levar a complicações em situações futuras

São Paulo – A Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) reduziu em 95% o investimento na elaboração de novos projetos de captação e tratamento de água ou esgoto em 2016, no comparativo com os anos anteriores à crise hídrica que atingiu a Região Metropolitana de São Paulo, em 2014 e 2015. Apesar de ter anunciado lucro de R$ 2,947 bilhões, em 2016, ante R$ 536,3 milhões em 2015 (aumento de 450%), a companhia reduziu o investimento na contratação de projetos e consultoria de R$ 103 milhões, em 2012, para R$ 5,3 milhões, no ano passado.

“Essa decisão da maior empresa de saneamento da América Latina tem possibilidade de comprometer fortemente as soluções para os seus sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário e na manutenção das empresas de consultoria do setor, fornecedoras importantes dentro do seu ciclo de negócio”, afirmou Luiz Roberto Gravina Pladevall, presidente da Associação Paulista de Empresas de Consultoria e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente (Apecs).

Os dados sobre investimento no setor foram compilados pela própria Apecs e mostram queda contínua no valor desde 2013, quando foram investidos R$ 105 milhões nesta rubrica. Em 2014, o valor licitado em projetos caiu para R$ 73 milhões e para R$ 12 milhões no ano de 2015, no ápice da crise hídrica. Em 2016, a Sabesp licitou R$ 5,3 milhões. “Acreditamos que os resultados alcançados com o enfrentamento da crise precisam ser revistos para evitar dificuldades futuras”, aponta Pladevall.

Em nota, a Sabesp não comentou a redução do investimento em projetos e destacou o investimento total de R$ 3,9 bilhões em diversas ações de água e esgoto que já estavam em andamento. “Já para o período de 2017 a 2021, conforme consta do plano de investimentos da empresa, serão aplicados R$ 13,9 bilhões nos 367 municípios operados pela companhia. Isso reforça a posição da Sabesp de maior investidora em saneamento no Brasil, com 28,3% de tudo que é aplicado no setor – mesmo atendendo apenas 13% da população”.