Home Cidadania ‘Rádio Brasil Atual’ trabalha na cobertura completa do Dia Nacional de Paralisações
Dia de luta

‘Rádio Brasil Atual’ trabalha na cobertura completa do Dia Nacional de Paralisações

'Na minha avaliação, hoje começamos a derrotar as reformas, tanto da Previdência quanto trabalhista. A 'Rádio Brasil Atual' está transmitindo direto a manifestação', afirma Vagner Freitas
Publicado por Redação RBA
16:33
Compartilhar:   
reprodução;cut
dia de greve.jpg

Diversas cidades registram mobilizações e diferentes categorias estão em greve em defesa de direitos

São Paulo – Trabalhadores de diversas cidades do Brasil estão nas ruas hoje (15) para assegurar direitos que estão sob ameaça. O presidente Michel Temer (PMDB), aliado à ampla base no Congresso, vêm planejando ataques que ameaçam conquistas históricas do povo brasileiro. No foco dos protestos, estão as reformas trabalhista e da Previdência que, se aprovadas como planeja o governo, podem privar os cidadãos de ter acesso a uma aposentadoria justa e a direitos garantidos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A Rádio Brasil Atual, em FM 98,9, em parceria de conteúdo com a RBA e a TVT, está na cobertura em diferentes frentes dessa luta, com entradas ao vivo, boletins sobre as manifestações em todo o país e entrevistas com lideranças e manifestantes. O dia, além das mobilizações nas ruas, também concentra diversas categorias em greve. Bancários, metroviários, eletricitários, motoristas e cobradores de ônibus, metalúrgicos, trabalhadores nos Correios, professores, químicos, servidores públicos, entre outros, cruzam os braços.

“Na minha avaliação, hoje começamos a derrotar as reformas, tanto da Previdência quanto trabalhista, com a proposta da terceirização. Temos uma adesão bastante grande em todo o Brasil. A Rádio Brasil Atual está transmitindo direto a manifestação. O mais importante é a adesão dos trabalhadores de amplos setores. Com a greve dos transportes, o que vimos foi que trabalhadores concordaram em não ir trabalhar, eles entenderam a mensagem. Acumulamos forças para propor uma greve geral no futuro. Estamos preparando grandes manifestações, mais fortes do que hoje”, afirmou o presidente da CUT, Vagner Freitas.

Acompanhe o minuto a minuto das mobilizações pela Rádio Brasil Atual.