Home Cidadania 31 de março: manifestações em todo o país vão combater o ‘golpe’ nesta quinta
por democracia

31 de março: manifestações em todo o país vão combater o ‘golpe’ nesta quinta

'Não vamos reconhecer um governo que não tem a legitimidade dos votos do povo. Que só representa ajuste, flexibilização das leis trabalhistas e ataques contra programas sociais', diz Frente Brasil Popular sobre eventual governo Temer
Publicado por Rodrigo Gomes, da RBA
18:33
Compartilhar:   
Roberto Parizotti/CUT
FBP

Em 18 de Março, a frente levou milhares de pessoas às ruas em defesa da democracia

São Paulo – Movimentos sociais e centrais sindicais organizadas na Frente Brasil Popular vão realizar amanhã (31) mobilização nacional em defesa da democracia e contra o golpe, a reforma da Previdência e o ajuste fiscal. Eles não pretendem deixar as ruas, independente do resultado do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. “Não vamos reconhecer um eventual governo (Michel) Temer. A ‘saída Temer’ é um jogo casado dos golpistas”, afirmou o presidente da CUT São Paulo, Douglas Izzo.

Para o dirigente sindical, um governo de coalizão entre PMDB, PSDB e DEM representa “o pior dos mundos” para os trabalhadores e vai ser enfrentado com amplas mobilizações e paralisações. “Não vamos reconhecer um governo que não tem a legitimidade dos votos do povo. Que só representa ajuste, flexibilização das leis trabalhistas e ataques contra os programas sociais”, disse Izzo.

Já no caso da derrota dos defensores do impeachment, o coordenador estadual do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) Gilmar Mauro ressalta que os movimentos vão pressionar o governo a adotar o programa vencedor das eleições de 2014 e adotar uma agenda econômica de desenvolvimento e distribuição de renda. Dentre as pautas estão as reformas política, tributária e das comunicações, a taxação das grandes fortunas, o fim do ajuste fiscal e a retomada dos programas sociais, que já vêm sendo colocadas pelos movimentos desde o ano passado.

“Evidente que do ponto de vista legal há uma busca do governo em mobilizar 180 votos no Congresso e depois reorganizar o governo. Mas também é preciso ressaltar que a mobilização dos movimentos sociais e centrais foi determinante para evitar retrocessos. Nós não estamos aqui colocando ‘tudo bem, vamos lutar contra o golpe’. Nós queremos ser ouvidos por esse governo. E as nossas pautas precisam ser ouvidas”, explicou Mauro.

Para o ativista, a população brasileira está passando por um processo intenso de politização nas últimas semanas, demonstrado pelo número de ações em defesa da democracia que vêm ocorrendo em vários pontos do país. “Isso se deve principalmente ao ascenso de ideias fascistas nas mobilizações pró-golpe”, ressaltou. Mauro destacou que os movimentos farão vigília em Brasília se houver votação da aceitação da denúncia de impeachment na Câmara, em abril. “Os setores golpistas estão assustados com a reação do povo, por isso têm pressa. Mas nós não vamos parar”, emendou.

As mobilizações vão ocorrer em, pelo menos, 56 cidades pelo Brasil e também na Europa. O maior ato será em Brasília, onde estarão as principais lideranças do movimento social e sindical brasileiro e terá participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O evento é realizado em união pela Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo. A manifestação terá concentração e apresentações culturais no Estádio Mané Garrincha, às 14h, seguido de marcha pelo Eixo Monumental e Esplanada dos Ministérios.

Em São Paulo, a manifestação vai ocorrer na Praça da Sé, centro da cidade, a partir das 16h. Haverá atividades culturais e ato político. “Onde há 30 anos a população defendeu o direito ao voto direto, agora nós vamos defender a democracia”, afirmou Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP).

Classe estudantil

O movimento estudantil também vai participardas mobilizações na capital federal e outras cidades brasileiras com a sua “Jornada Nacional de Lutas da Juventude Brasileira”. A ação vem sendo realizada todos os anos, em março, para lembrar o golpe de Estado de 1964 e homenagear os líderes estudantis Edson Luís e Honestino Guimarães, assassinados pelos agentes da ditadura. A ação é organizada pela União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) eAssociação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG).

Desde a semana passada, os estudantes têm realizado uma blitz no Congresso Nacional, visitando gabinetesde deputados federais para apresentar os motivos por que a juventude não apoia o impeachment sem base legal. Adesivos com os dizeres “Contra o impeachment, esse parlamentar apoia a democracia” são colados na porta dos gabinetes dos parlamentares que se opõem ao impeachment.

Além disso, os discentes criaram uma campanha para pressionar os parlamentares pela internet. Pelo site mapadademocracia.org.br,qualquer cidadão pode enviar mensagens aos deputados e acompanhar o posicionamento de cada um com relação ao processo de impeachment.

Além das mobilizações de rua, a Frente Brasil Popular está criando comitês em defesa da democracia em várias cidades e na periferia das capitais. No último final de semana, utilizaram carro de som e distribuíram panfletos na zona sul da capital paulista. Ação que deve se repetir em outras regiões nos próximos finais de semana. Na segunda-feira (28), a frente inaugurou um acampamento popular na Praça do Patriarca, região central de São Paulo, onde estão sendo realizados debates e atividades culturais.

Saiba mais:


Locais de manifestações

ARACAJU

15h – Concentração na Praça General Valadão, depois caminhada até a Orlinha do bairro Industrial, onde às 18h tem ato político cultural

BELÉM

16h – Praça do Operário – Bairro São Brás

https://www.facebook.com/events/992360614177962/

BELO HORIZONTE

17h – Praça da Estação

BRASILIA

14h – Concentração e atrações culturais

Estádio Mané Garrincha

18h – Marcha pelo Eixo Monumental e Esplanada dos Ministérios

CAMPO GRANDE

14h – Concentração na Rua 14 de Julho

19h – Ato político na praça do Rádio

CUIABA

17h30 – Ato na Praça Alencastro

CURITIBA

18h – Praça Santos Andrade

FORTALEZA

15h – Praça da Bandeira

GOIÂNIA

17h – Caminhada da Praça Cívica até a Praça Universitária

JOÃO PESSOA

18h – Ponte de Cem Réis (Rua Artur Aquiles, 80)

https://www.facebook.com/events/249982185340675/

MACAPÁ

16h – Av. FAB, 86 Praça das Bandeiras

MACEIÓ

14h – Concentração em frente à sede da OAB e caminhada até a Praça dos Martírios, onde acontece ato político/cultural, às 16h00

MANAUS

16h – Praça São Sebastião

NATAL

16h – Av. Bernardo Vieira, 3775

PALMAS

17h – Estação Serente, Aurenty III

PORTO ALEGRE

17h – Esquina Democrática
https://www.facebook.com/events/1534996123468317/

PORTO VELHO

19h – Sindicato dos Urbanitários

RECIFE

15h – Praça do Derby

https://www.facebook.com/events/211983352498502/

RIO DE JANEIRO

12h – Concentração em frente à FIRJAM, depois segue pro ato

16h – Largo da Carioca

https://www.facebook.com/events/997580850320860/

Queremos Chico, Caetano e Gil, em praça pública, pela democracia!

16h – Largo da Carioca

https://www.facebook.com/events/1691589101095014/

SALVADOR

15h – Caminhada da Praça da Piedade ao Campo da Pólvora, todos vestidos de branco e flores no monumento aos perseguidos pela ditadura.

SÃO LUIS

18h – Avenida Litorânea

SÃO PAULO

16h – Praça da Sé

https://www.facebook.com/events/1695214090691495/

TERESINA

16h – Cruzamento das Avenidas Serafim com Coelho Rezende

Depois tem vigília na Igreja São Sebastião

VITÓRIA

18h – Assembleia Legislativa do ES

Avenida Américo Buaiz, 205

https://www.facebook.com/events/692828940859428/

ATOS NAS CIDADES DO INTERIOR

ILHEUS – BA

09h – Praça da Catedral de Ilhéus

PELOTAS – RS

17h – Em frente à sede da Prefeitura de Pelotas

https://www.facebook.com/events/261219420875768/

SANT’ANA DO LIVRAMENTO – RS

18h – Parque Internacional

https://www.facebook.com/events/933147553473427/

ERECHIM – RS

18h – Praça Prefeito Jayme Lago

https://www.facebook.com/events/1529435397358228/

IJUÍ – RS

18h – Praça da República

PASSO FUNDO – RS

17h – Praça Teixeirinha

RIO GRANDE – RS

17h – Praça Coronel Pedro Osório

SANTA MARIA – RS

17h – Largo Dr. Pio

SANTA ROSA – RS

18h – Praça da Bandeira

TRÊS PASSOS – RS

18h – Praça Reneu Mertz

BARRA MANSA – RJ

17h – Corredor Cultural

BALSAS – MA

18h – Avenida Litorânea

SOBRAL – CE

16h – Arco

JUIZ DE FORA – MG

17H – Ato na Curca do Lacet

MONTES CLAROS – MG

19h – Praça da Matriz

POÇOS DE CALDAS –MG

19h – Urca

SÃO LOURENÇO – MG

18h – Praça do Brasil

VARGINHA – MG

17h – Praça do ET

MARABÁ – PA

18h – Auditório do Campus I da UNIFESSPA

CARAUARU – PE

16h – Av. Rui Barbosa em frente ao prédio do INSS

FLORESTA – PE

7h30 – Sindicato dos Trabalhadores Rurais

TABIRA – PE

17h – Sindicato dos Trabalhadores Rurais

FOZ DO IGUAÇU – PR

Bosque Guarani – em frente ao TTU

MARINGÁ – PR

17h – Praça Raposo Tavares

MOSSORÓ – RN

16h – Em frente a Igreja São João

JI-PARANÁ – RO

17h – Praça da Matriz

ATOS NO MUNDO

PARIS – FRANÇA

19h – Maison de l´Amérique latine

https://www.facebook.com/events/1649103942019535/

BERLIN – ALEMANHA

19h – Pariser Platz

https://www.facebook.com/events/1794707547415247/

MUNIQUE – ALEMANHA

14h – Consulado Geral do Brasil em Munique

https://www.facebook.com/events/1705901246331484/

LONDRES – INGLATERRA

17h30 – 14-16 Cockspur St, London SW1Y 5BL

https://www.facebook.com/events/347223575402116/

COIMBRA – PORTUGAL

Ato em defesa da democracia – estudantes da graduação, mestrado e doutorado da Universidade de Coimbra

12h – Praça Dom Dinis

https://www.facebook.com/events/1733795590223510/

BARCELONA – ESPANHA

18h – Praca de Sant Jaume

https://www.facebook.com/events/954267841323084/

SANTIAGO – CHILE

17h – Palacio Errázuriz (embaixada do Brasil no Chile)

Avenida Libertador Bernardo O’Higgins (Alameda), n.º 1656.

https://www.facebook.com/events/862704053852633/

CALIFORNIA – SAN FRANCISCO

17h Union Square

CIDADE DO MEXICO – MEXICO

17h30 – Fuente en Frente del Centro Cultural Brasil México – San Francisco 1220 Col Del Valle Centro – Metrobús Ciudad de los Deportes

https://www.facebook.com/events/1036349339760008/

Em GENEBRA, na SUÍÇA, o ato será no dia 2, sábado, às 10h, na Praça das Nações

Em MADRID, na ESPANHA, será nodia 3, domingo, às 17h, na Puerta del Sol