Parceria

Programa da ONU amplia recursos para a agricultura familiar brasileira

Setor recebeu US$ 825 milhões de investimentos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola. Governo federal faz balanço do programa, que já beneficiou 360 mil famílias do país

reprodução/TVT
Fida

Em parceria com o Fida, 11 projetos já foram realizados no Brasil em benefício da agricultura familiar

São Paulo – O governo federal divulgou ontem (22), em Brasília, balanço dos investimentos que chegam ao país por meio do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (Fida), agência das Nações Unidas para o desenvolvimento rural, que já investiu no Brasil US$ 825 milhões, em 11 projetos desde 1980, beneficiando 360 mil famílias.

Reportagem de Uélson Kalinovski para o Seu Jornal, da TVT, mostra que o evento reuniu representantes dos maiores movimentos do campo no país, como o MST, a Via Campesina e a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), que juntos são responsáveis por mais de 90% dos assentamentos e áreas de cultivo da agricultura familiar.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, fez um balanço positivo do programa de cooperação. “Estamos muito empenhados em manter e ampliar esta parceria com o Fida.”

Atualmente, seis projetos do Fida estão ativos, todos no Nordeste. No Ceará, um dos exemplos, o projeto Dom Helder Câmara conta com ações específicas para a região da caatinga. A parceria inclui, além do financiamento, apoio técnico no plantio e na comercialização dos produtos, além de formação específica para os agricultores.