Home Cidadania MP paulista investiga cortes de energia feitos pela Eletropaulo
Abusos

MP paulista investiga cortes de energia feitos pela Eletropaulo

Empresa estaria ultrapassando o limite legal de interrupção do fornecimento de eletricidade
Publicado por Redação RBA
18:50
Compartilhar:   
Marcos Santos/USP Imagens
marcos santos_USP imagens.jpg

Cortes estariam causando interrupções desproporcionais do fornecimento dos serviços de abastecimento aos usuários

São Paulo – O Ministério Público do Estado de São Paulo investiga desde outubro passado eventuais abusos da AES Eletropaulo ao fazer o corte não programado de energia em regiões da capital nas quais o corte programado também ocorreria. Esses cortes estariam causando interrupções desproporcionais do fornecimento dos serviços de abastecimento de energia elétrica aos usuários, ultrapassando o limite legal de interrupção.

De acordo com o promotor de Justiça do Consumidor Roberto Senise Lisboa, que instaurou inquérito civil para apurar a situação, a conduta da AES Eletropaulo evidencia em tese violação ao princípio da boa-fé objetiva, que rege as relações contratuais e as de consumo. Lisboa já solicitou explicações à empresa e designou uma audiência para a próxima semana.

Blecaute

Na última segunda-feira (19), um blecaute ocasionado por problemas em linhas de transmissão de Furnas afetou diversos bairros na região central de São Paulo entre 15h e 16h30, afetando a circulação da linha 4-Amarela do Metrô. As estações Luz e República foram fechadas nesse período.

De acordo com o coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico do Instituto de Economia da UFRJ (Gesel), Nivalde Castro, houve falha da concessionária na segunda-feira, quando o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) determinou corte no fornecimento para aliviar a sobrecarga e impedir o desligamento de usinas, o que traria consequências mais graves. “Há critérios técnicos para o corte de energia, que não podem prejudicar serviços, como hospitais e transportes”, disse.