Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2014 / 02 / Sem aviso a passageiros, ônibus rodoviários ficarão mais caros a partir de domingo

sp

Sem aviso a passageiros, ônibus rodoviários ficarão mais caros a partir de domingo

Reajuste será de 6,54%. Ônibus intermunicipais fora das regiões metropolitanas terão aumento ainda maior, de 7,24%. Sistema é regulamentado pelo governo do estado
por Gisele Brito, da RBA publicado 14/02/2014 18h55
Reajuste será de 6,54%. Ônibus intermunicipais fora das regiões metropolitanas terão aumento ainda maior, de 7,24%. Sistema é regulamentado pelo governo do estado
Thales Stadler/ABCDIgipress/Folhapress
rodoviáriatThales Stadler_ABCDIgipress_Folhapress.jpg

A falta de informação prejudica quem tem viagens programadas e poderia comprar passagens antecipadas

São Paulo – Quem quer ou precisa fazer viagens de ônibus entre cidades de São Paulo deve comprar passagem antes da meia-noite de amanhã (15) se quiser pagar mais barato. A Agência de Transporte do Estado (Artesp) autorizou aumento de 6,54% para as viagens rodoviárias. A informação foi publicada no Diário Oficial no último dia 7 e divulgada pela comunicação da agência do governo de Geraldo Alckmin (PSDB) na quarta-feira. Mas não houve qualquer recomendação para que as empresas de ônibus dessem publicidade ao aumento.

A desinformação prejudica quem tem viagens programadas e poderia comprar passagens antecipadas sem pagar pelo aumento. É possível fazer aquisição com até 12 meses de antecedência. A RBA simulou compras de passagem no site de 11 empresas de ônibus. Nenhum deles informa que a passagem estará mais cara a partir de domingo.

Passageiros frequentes do sistema rodoviário foram surpreendidos pela notícia. “Acho um absurdo este aumento. Vivo em São Paulo, mas faço várias viagens por mês para minha cidade natal, Santos, para ir ao médico, ver a família, e não sabia de nada”, queixa-se a relações públicas Ericka Moderno.

Apesar de não achar prático, Ericka economizaria R$ 23,44, mais que o valor de uma viagem de ida se comprasse antes do aumento as suas próximas dez passagens de ida e volta para a cidade do litoral paulista.

A estudante de letras Cássia Roberta Oliveira viaja quinzenalmente para Tatuí, a 131 km da capital, e foi informada pela reportagem sobre o aumento. “Não fazia ideia. Com certeza, vou comprar passagens antes do domingo”, afirma. “A passagem já é cara e o serviço é ruim. Sempre atrasa”, reclama.

As tarifas de ônibus suburbanos, que transportam passageiros entre municípios fora de regiões metropolitanas e permitem o pagamento embarcado e viagens de pessoas em pé, terão reajuste ainda maiores, de 7,54%.

O aumento motivou a organização de um ato, na terça-feira (18) na cidade de Votorantim. Os organizadores reclamam da elevação da tarifa de R$ 2,80 para R$ 3 nas viagens entre a cidade e Sorocaba. No texto do evento criado para divulgar a manifestação no Facebook, eles afirmam que “enquanto a passagem aumenta a qualidade dos serviços diminui”. Noventa pessoas já haviam confirmado presença no evento esta tarde.

Segundo a Artesp, o último aumento nas tarifas dos ônibus rodoviários e suburbanos sob sua responsabilidade foi de 6,85%, em novembro de 2012, e a conta utilizada para calcular o reajuste deste fim de semana representa a recomposição de custos operacionais entre agosto de 2012 e dezembro de 2013. Foram consideradas, segundo a agência, as variações de diversos itens, como os salários da categoria e o custo do óleo diesel, que subiram cerca de 8% e 15%, respectivamente. A Artesp ressalta que o aumento ficou abaixo da inflação acumulada no período, que fechou em 9,08%.

Em 2013, 271 veículos zero-quilômetro começaram a integrar a frota do Sistema de Transporte Intermunicipal, que conta com 631 linhas rodoviárias e 431 suburbanas.

registrado em: , ,