Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2013 / 09 / Domicílios crescem mais que população, mostra Pnad 2012

ibge

Domicílios crescem mais que população, mostra Pnad 2012

Cresce total de residências com apenas um ou dois moradores
por Redação RBA publicado 27/09/2013 11h41, última modificação 27/09/2013 12h11
Cresce total de residências com apenas um ou dois moradores

Rio de Janeiro – Enquanto a população brasileira aumentou 0,8% em 2012, com relação a 2011 (alcançando 196,9 milhões de pessoas), o número de domicílios subiu 2,5%, chegando a 62,8 milhões.

Na Região Norte, o crescimento foi 3,3%. Do total no Brasil, 17,7% são alugados, 7,1% cedidos e 74,8% eram próprios, sendo que 70% deles estavam quitados. Os dados foram divulgados hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2012.

Quanto ao número de moradores, os domicílios com menos pessoas aumentaram de quantidade, ao passo que os que têm mais moradores reduziram. Do total, 13,5% dos domicílios tinham uma pessoa, 24,4% tinham duas, 25,6% tinham três e 20,5% dos domicílios tinham quatro moradores. Residências com oito ou mais moradores representam 1,2%. Em 2011, 12,7% eram ocupados por uma pessoa, 23,9% por duas, 25,7% por três, 21% tinham quatro e os que tinham oito pessoas ou mais somavam 1,4%.

Ainda de acordo com a Pnad, em 2012 98,7% dos brasileiros tinham fogão e 96,7% geladeira, números que eram, respectivamente, 98,6% e 95,8% em 2011.

A presença da máquina de lavar roupa passou de 51% para 55,1% e a televisão subiu de 96,9% para 97,2%. O aparelho de DVD está presente em 76% dos domicílios e o rádio caiu de 83,4% para 80,9%. Já o microcomputador passou de 42,9% para 46,4%. Na questão da mobilidade, o número de domicílios com carro passou de 40,9% para 42,4%, e com motocicleta subiu de 19,1% para 20%.