Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2011 / 01 / Manifestações pelo país marcam Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

Manifestações pelo país marcam Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

por Vitor Nuzzi, da RBA publicado 27/01/2011 17h38, última modificação 28/01/2011 01h12

A exemplo do que ocorreu nos últimos anos, várias capitais recebem manifestações e eventos sobre o combate ao trabalho escravo (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil Arquivo)

São Paulo – Uma série de manifestações são realizadas pelo país no Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, nesta sexta-feira (28).

Em Belo Horizonte (MG), a partir das 10h, a Associação dos Auditores Fiscais do Trabalho (Aafit) de Minas Gerais e o sindicato nacional da categoria (Sinait) realizam ato diante do TRF, em Belo Horizonte, em uma das várias atividades programadas para o dia.

Além de lembrar as ações de combate ao trabalho escravo no país, que libertou 38.769 trabalhadores de 1995 a 2010, as manifestações vão cobrar julgamentos dos envolvidos no crime.

Em São Paulo, por exemplo, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) promoverá às 9h audiência pública sobre trabalho escravo em área urbana, com foco no setor de vestuário.

A cidade de Belém (PA) sediará o seminário "Trabalho Escravo no Pará, desafios e Propostas para a Erradicação". Um dos presentes será o senador José Nery (PSOL-PA). Autor da proposta de criação da data, o parlamentar, que está deixando o Congresso, será homenageado.

O Fórum Estadual de Erradicação do Aliciamento e de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo do Piauí, formado por entidades públicas e da sociedade civil, promove ato público diante da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego SRTE, em Teresina.

Em Cuiabá (MT), a Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo em Mato Grosso (Coetrae) realizará culto ecumênico, às 8h, no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep).

Na quinta da semana que vem (3 de fevereiro), a partir das 9h30, a Frente Parlamentar Mista e a Frente Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo farão reunião conjunta em Brasília.

Com informações da Repórter Brasil