Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2010 / 09 / Justiça de PE quer empregos para apenados em obras da Copa de 2014

Justiça de PE quer empregos para apenados em obras da Copa de 2014

por fabiooscar publicado 16/09/2010 12h57, última modificação 16/09/2010 13h06

São Paulo - O poder judiciário de Pernambuco pretende utilizar a Copa do Mundo-2014 como meio de inclusão social para os apenados do estado. A idéia é aproveitar os postos de trabalho criados durante as obras para empregar pessoas condenadas na Justiça a penas de prisão.

"O grande desafio é garantir a essas pessoas uma oportunidade real de inclusão social, e isso só é possível com a inserção no mercado de trabalho", observou o presidente do Grupo de Monitoramento Carcerário do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE), o desembargador Mauro Alencar.
 
A iniciativa do TJ-PE vai ao encontro do Projeto Começar de Novo, lançado no ano passado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que tem por objetivo possibilitar a ressocialização dos presos. Agora, o projeto deve ser apresentado ao Comitê Pernambuco para a Copa de 2014, que ficará incubido de tomar uma decisão.