Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2010 / 09 / Bird libera mais US$ 200 milhões para o Bolsa Família

Bird libera mais US$ 200 milhões para o Bolsa Família

por Wellton Máximo, da Agência Brasil publicado 17/09/2010 18h14, última modificação 17/09/2010 18h15

Brasília - O Banco Mundial (Bird) aprovou empréstimo de US$ 200 milhões para reforçar o Bolsa Família. O dinheiro será usado para fortalecer atividades de gerenciamento do programa, como o cadastramento de beneficiários e a consolidação de um sistema de avaliação, e financiará a integração do Bolsa Família com investimentos em educação e cursos de formação profissional.

O empréstimo compõe a segunda fase do programa de apoio do Bird ao Bolsa Família. A primeira fase contou com empréstimo de US$ 572 milhões, aprovado em 2004. O Brasil terá 30 anos para pagar o segundo empréstimo, que tem juros variáveis e está atrelado ao cumprimento de compromissos. No entanto, o país começa a pagar daqui a cinco anos.

Entre as metas estipuladas para a segunda fase estão o acesso ao benefício a pelo menos 75% das famílias mais pobres; 90% das crianças (de famílias beneficiárias) em idade escolar que efetivamente frequentam a escola; 75% das crianças até 6 anos; e 75% das mulheres grávidas em dia com as exigências de saúde impostas a quem participa do programa, como exame pré-natal e vacinação.

Atualmente, o Bolsa Família atinge 12,7 milhões de famílias e, conforme o Bird, ajudou a tirar cerca de 20 milhões de pessoas da pobreza entre 2003 e 2009. Nesse período, a parcela da população que recebe menos de US$ 2 por dia caiu de 22% para 7% da população.