Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2010 / 08 / Incra cria assentamentos para 500 famílias de sem-terra no Paraná

Incra cria assentamentos para 500 famílias de sem-terra no Paraná

por Lúcia Nórcio publicado 28/08/2010 17h31, última modificação 28/08/2010 17h32

Curitiba – A portaria que cria os assentamentos rurais Eli Vive 1 e 2, no distrito de Lerroville, em Londrina, no norte do Paraná, foi assinada neste sábado (28) pelo presidente do Incra, Rolf Hackbart. Os dois assentamentos vão abrigar 500 famílias de agricultores rurais sem-terra. As áreas, que pertenciam às fazendas Guairacá e Piningá foram adquiridas pelo Incra, dentro do processo de Reforma Agrária no estado.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, avaliou os assentamentos como de ótimo potencial produtivo, e garantiu que até o fim do ano serão liberados R$ 25 milhões para serem aplicados nas duas áreas. “O Incra está tendo todo o cuidado ao adquirir terras, elas têm que garantir boa produtividade aos assentados, e pagamos pela terra boa sempre um preço justo”, disse. 

Rolf Hackbart lembrou que, em 2002, cada família, ao receber um lote, tinha garantido R$ 2,5 mil para trabalhar a terra - hoje, este valor chega até a R$ 60 mil. Segundo o superintendente do Incra no Paraná, Nilton Bezerra Guedes, os dois assentamentos vão gerar aproximadamente 2,1 mil empregos diretos e dar condições dignas de vida às famílias selecionadas. “Os trabalhadores agora terão direito a créditos, energia elétrica, abastecimento de água, habitação e apoio à instalação, além do Pronaf-A, que é um crédito de investimento específico para assentados”, afirmou.

Fonte: Agência Brasil.

registrado em: , , ,