A ideia de nota de 200 que gostei mais é a que tem eu e o coronavírus

Mas não vou usar minha foto. Iam dizer que é autopromoção, como agora. Disseram que eu estava fazendo campanha eleitoral no Piauí

Diário do Bolso

Diário, já lançaram um monte de ideias sobre a nova nota de 200. A que eu gostei mais é a que tem eu de um lado e o coronavírus do outro. O apelido dela ia ser: “com a gente ninguém pode”, kkk!

Mas não vou usar a minha foto de eu mesmo porque iam dizer que era autopromoção, que nem agora, que disseram que eu estava fazendo campanha eleitoral no Piauí só porque eu estou fazendo campanha eleitoral no Piauí.

Uma segunda opção era ter uma foto do Neymar, que é um cara legal, tanto que votou em mim. Aí a gente ia poder dizer que ninguém consegue segurar essa nota, porque ela dribla todo mundo, kkk!

Outra opção era fazer uma homenagem ao agronegócio brasileiro (por mim, eu declarava a independência do centro-oeste e ia ser rei lá). Mas aposto que os maldosos da esquerdalha iam dizer que era homenagem aos meus eleitores, que são gado. E, na pandemia, gado de corte, kkk!

Uma última opção era fazer uma homenagem ao meu amigo Queiroz. Em vez de duzentos reais seriam duzentas laranjinhas, ou duzentas rachadinhas. E eu ia dizer que a nota era que nem o Queiroz: “ninguém consegue achar e, quando acha, ela escapa rapidinho”, kkk!

Por hoje é só.

Cloroquina em cima de todos! Eu acima de tudo!

#diariodobolso