Diário do Bolso

Dois milhões de infectados. Ótimo! É mais gente pra tomar cloroquina

Eu boto tanta fé na cloroquina que até queria mudar a bula por decreto, dizendo que ela servia para combater a covid. Mas o Mandetta não topou. Talvez eu tente de novo

Alberto Benett

Diário, chegamos em dois milhões e meio de infectados. Ótimo! É mais gente pra tomar cloroquina. Cada um que disser que ficou bom com esse negócio vai ser um ponto pra mim. E, se alguém morrer por causa dela, não faz mal. Morto não vota.

Eu boto tanta fé na cloroquina que até queria mudar a bula por decreto, dizendo que ela servia para combater a covid. Mas o Mandetta não topou e até me dedurou depois.

Talvez eu tente de novo, já que agora o ministro é general Pazuello, que faz tudo o que eu quero.

Aí a bula vai ser assim:

• NOME DO MEDICAMENTO:

Hidrocloxina…, hidrococozina…, hipodromoquicina…, hindrotomenina…, hoxidrocliquinina…, ah, vai ser só “Cloroquina” mesmo.

• APRESENTAÇÃO, FORMAS OU FORMULAÇÕES:

É uma pilulinha. Dá para tomar com água. Ou com cerveja, em dia de churrasco.

• COMPOSIÇÃO E INGREDIENTES:

Não faço nem ideia. Mas, pelo nome, deve ter cloro. E aquela coisa que o pessoal meio ripongo gosta: quinoa.

• DOSAGEM:

A cloroquina funciona que nem um anticoncepcional para o coronavírus-fêmea. Por isso que tem que tomar todo dia. Senão ela engravida e o vírus se multiplica.

• CUIDADOS DE ARMAZENAMENTO E PRAZO DE VALIDADE:

Pode guardar em qualquer lugar. A minha caixinha eu guardo na gaveta das cuecas, do lado da faixa presidencial. No tocante ao prazo de validade, não importa, porque ninguém consegue ler aqueles numerozinhos mesmo.

• INDICAÇÕES:

Malária, lúpus, resfriado, torcicolo, tendinite, dor de dente, febre amarela, água no joelho, frieira, caspa, dor de cotovelo e, é claro, covid.

Ah, também espanta emas.

• CONTRAINDICAÇÕES:

Não funciona em esquerdopatas e terrarredondistas.

• PRECAUÇÕES:

Não precisa. Precaução é frescura.

• DADOS SOBRE O USO CONCOMITANTE COM OUTRAS SUBSTÂNCIAS:

Interage bem com as bênçãos do Silas Malafaia e com as sementes do Valdemiro Santiago. Tomar com copo de água benzida pelo Edir Macedo também é bom.

• POSOLOGIA:

Pode tomar quando der na telha. O Trump, por exemplo, diz que toma todo dia no café da manhã, com bacon.

• FARMACÊUTICO RESPONSÁVEL:

Aqui vou colocar o nome do Alexandre Garcia, porque ele disse que eu sou a prova científica de que a cloroquina funciona. Grande farmacêutico!

#diariodobolso