Diário do Bolso

Cadê a mulher do Queiroz?

Diário, já estão começando a perguntar “Cadê a mulher do Queiroz?”. Pra confundir a esquerdalha, cada vez eu vou dar uma resposta diferente

Reprodução
Enfim, Diário, espero que não achem essa mulher, porque ela pode abrir o bico

Diário, já estão começando a perguntar “Cadê a mulher do Queiroz?”. Pra confundir a esquerdalha, cada vez eu vou dar uma resposta diferente.

Por exemplo:

“Que mulher?”

“Que Queiroz?”

“Deve estar na casa da ex do Wassef, meu ex-advogado que ia sempre no Palácio do Alvorada e eu nem conheço direito.”

“Procura no tríplex do Lula.”

“Pode estar na casa de qualquer um, porque esse pessoal pula o muro, entra no quintal dos outros e fica lá um ano sem ninguém perceber.”

“No Vivendas da Barra é que não está.”

“Fugiu com o Weintraub.”

E, é claro, a clássica: “Tá com a sua mãe na zona.”

Enfim, Diário, espero que não achem essa mulher, porque ela pode abrir o bico.

A Márcia trabalhou no gabinete do Flavinho de 2007 a 2017. E nunca foi buscar sua credencial de funcionária na Alerj. Nesse tempo ela recebeu R$ 1,1 milhão e repassou R$ 445 pro Queiroz. Parte desse dinheiro serviu para pagar a estadia do Queiroz no Hospital Albert Einstein. A conta deu R$ 174 mil. E foi quitada em dinheiro vivo.

Ela estava mantendo contato com a dona Raimunda, mãe do Adriano, que também era funcionária fantasma do Flávio. Era para planejar a fuga do Adriano. E o advogado da Márcia é o Catta Preta, o mesmo do Adriano.

Espero que por conta dessas coincidências não pensem que ela tem algum contato com a milícia. Mas do jeito que o povo é maldoso…

No Facebook: @DiariodoBolso


Leia também:

Diário, se me chamarem de camaleão vou fingir que não é comigo kkk

Wassef, Queiroz, Flavinho… E eu lá preciso de inimigos, Diário?

Esconderijo de Queiroz foi ‘revelado’ por filha de Olavo de Carvalho, em post cifrado no Instagram

Queiroz estava guardado da família presidencial, diz cientista política

Queiroz articulava campanhas dos Bolsonaros em áreas de milícia, diz Freixo