Home Diário do Bolso Diário, hoje eu vou mandar mais uns p…s do Jair, kkk
Diário do Bolso

Diário, hoje eu vou mandar mais uns p…s do Jair, kkk

Não é o você tá pensando não, apesar desses gases, kkk. Olha, Diário, tudo tá meio nebuloso, mas pelo menos os meus filhos continuam sendo meu orgulho
Publicado por Fabio M Michel, da RBA
12:15
Compartilhar:   
©Ivo Minkovicius

Não posso me ausentar do meu governo, mesmo com essa dor de barriga, que logo vem um monte de bobagem. Pô, Dário, assim não dá

Pô, Diário, a coisa não está boa. Vou ter que ficar mais uns dias aqui no hospital. Até colocaram uma sonda para tirar os gases do meu intestino. Então hoje vou fazer “Os puns do Jair”. Opa, puns, não! Eu quis dizer “Os pôs do Jair”.

1-) Ontem a minha “live” teve só três minutos. Eu estava usando pijama e saía um cano do meu nariz. A “live” estava mais para “dead”. A ideia é que as pessoas fiquem com peninha de mim.

2-) A petralhada (Ah, Reinaldo Azevedo, que saudade de você…) conseguiu as 171 assinaturas (171, é claro) para pedir a instauração de uma CPI da Vaza Jato. Pô, o Moro era para ser meu escudo, mas vai acabar sendo meu calcanhar de troia.

3-) Estão acusando o Carluxo de praticar a rachadinha. Mas isso é uma tremenda injustiça. Todo mundo sabe que o Carluxo detesta rachadinha, pô!

4-) O Weintraub escreveu “O pessoal vão ter que se retratar”. Ele já tinha escrito “suspenção”, “paralização”, e fez mais de trinta erros no Twitter em menos de um mês. É o meu ministro sem educação. Preciso comprar um Word oficial para ele, daqueles com corretor ortográfico, pô.

5-) Teve uma queimada boa lá em Santa Catarina. É isso aí! Não pode ser só na Amazônia, não. Meu governo é de norte a sul! Os ecocomunistas vão dizer que tem que preservar o tal do Parque do Tabuleiro. Mas pra quê? Até o nome desse lugar é fake. Lá não tem tabuleiro nenhum. E nem é parque, porque eu não vi nenhuma montanha russa.

6-) Diário, o que salva é que meus filhos estão demais! O Flavinho gritou com a senadora Selma Arrruda, a Moro de Saias, porque ela assinou a favor da CPI da Toga. O Dudu (grande embaixador!) veio me visitar com revólver na cintura (tomara que tenha cobrado merchandising). E o Carluxo disse no twitter que “por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos”. A esquerdalhada reclamou da frase. Mas não é isso mesmo, pô?

É que nem eu disse em 1990: através do voto você não vai mudar nada nesse país. Só com guerra civil, fazendo o trabalho que o regime militar não fez. Matando uns 30 mil. Inclusive o FHC!

A verdade dói, Diário. E esses gases também.

No Facebook: @diariodobolso