Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2011 / 12 / Cinemateca lança filmes nacionais para sessões grátis

Cinemateca lança filmes nacionais para sessões grátis

por guibryan1 publicado 17/12/2011 00h00

A Cinemateca Brasileira, em parceria com a Secretaria do Audiovisual, do Ministério da Cultura, acaba de lançar mais 407 horas, reunidas em 41 DVDs, de filmes brasileiros licenciados para sessões sem fins lucrativos em pontos de exibição audiovisual. Com isso, a coleção Programadora Brasil chega a 255 DVDs, disponíveis desde 2007. Ao todo, são 250 documentários, 226 animações, 100 filmes experimentais e 400 obras de ficção. O catálogo  completo pode ser conferido em www.programadorabrasil.org.br .

Dessa vez, os curtas-metragens foram organizados em torno do tema Discurso e Intervenção, uma vez que apresentam roteiros como conflitos fundiários, condições degradantes de trabalho, desastres ecológicos, colonialismo e a pequenez humana, do ponto de vista de um artista. Outra temática é a questão racial.

Há cinco filmes com a participação do documentarista, produtor e fotógrafo Thomaz Farkas; e o longa-metragem de animação "Garoto Cósmico", de Alê Abreu. Também fazem parte dos  novos lançamentos o clássico do chamado cinema marginal "O Bandido da Luz Vermelha", de Rogério Sganzerla; "O ano em que meus pais saíram de férias", de Cao Hamburguer; e "O Pagador de Promessas", de Anselmo Duarte, único filme brasileiro a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes, na França, em 1962. 

Uma raridade é "Simão, O Caolho", de Alberto Cavalcanti, comédia realizada em 1952 e primeiro filme do diretor no Brasil. A década de 1960 é representada por "Todas as mulheres do mundo", dirigido por Domingos de Oliveira e estrelado por Leila Diniz. Já dos anos 80 vem "O Olho Mágico do Amor", de Ícaro Martins e José Antonio Garcia. Para completar, há adaptações literárias para o cinema, caso de "São Bernardo", de Leon Hirszman, a partir do romance de mesmo nome de Graciliano Ramos. 

Em 2011, cerca de 170 novos tornaram-se associados do programa, que já reuniu cerca de meio milhão de pessoas, em mais de 13 mil exibições. Só neste ano aproximadamente 200 mil espectadores viram os filmes, a maioria do Nordeste.


[email protected]