Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2011 / 07 / Garcia Márquez é homenageado em festival de cinema

Garcia Márquez é homenageado em festival de cinema

por Guilherme Bryan, especial para a Rede Brasil Atual publicado 06/07/2011 17h45, última modificação 06/07/2011 19h35

Cena do filme de Gabriel García Márquez, A Viúva de Montiel (Foto: Divulgação)

O escritor colombiano Gabriel García Márquez, de 84 anos, sempre manteve intensa ligação com o cinema, tanto que, em 1950, estudou no Centro experimental de cinema em Roma, na Itália; e, em 1986, fundou a Escola Internacional de Cinema e Televisão em Los Baños, em Cuba, a fim de estimular jovens realizadores da América Latina, Caribe, Ásia e África. Porém, poucos sabem que ele também se arriscou na direção de um curta-metragem, chamado “A Lagosta Azul”, em 1954, que será exibido com toda a pompa merecida no 6º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que acontece de 11 a 17 de julho, com entrada franca e em diferentes locais.

Além da experiência como diretor, Gabriel García Márquez também será representado pelos filmes em que atuou como roteirista, caso de “Erêndira”, dirigido por Ruy Guerra em 1983; “A Viúva de Montiel”, realizado pelo chileno Miguel Littin em 1979; e “Ninguém Escreve ao Coronel”, com direção do mexicano Arturo Ripstein e de 1999. Por outro lado, ficam de fora algumas adaptações desastrosas de romances do escritor colombiano, como a produção norte-americana “O Amor Nos Tempos do Cólera”, dirigida por Mike Newell em 2009. Mas lamenta-se a ausência do ótimo “Un Señor Muy Viejo Con Unas Alas Enormes”, realizado por Fernando Birri em 1988 e adaptado de um conto que tem o mesmo título.

A homenagem brasileira do festival é ao ex-secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Orlando Senna. Diretor e roteirista baiano, ele possui uma trajetória que se encontra com a de García Márquez pelo fato de ter dirigido o curso de cinema da Escola Internacional de Cinema e TV de Cuba. Entre os filmes mais importantes que realizou, está o clássico “Iracema, Uma Transa Amazônica”, de 1976, assinado por Jorge Bodanzky. São dele também os roteiros de “O Rei da Noite” (1975), de Hector Babenco; e “Coronel Delmiro Gouveia” (1979), de Geraldo Sarno.

A programação completa pode ser conferida aqui.

6º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo

De 11 a 17 de julho. Entrada franca.
Memorial da América Latina – Avenida Auro S. De Moura Andrade, 664. T: 38234608
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000. Paraíso. T: 33974002
Cine Sesc – Rua Augusta, 2675. Cerqueira César. T: 30870500
Cine Olido – Avenida São João, 473. Centro. T: 33318399
Espaço Unibanco de Cinema – Rua Augusta, 1475. Consolação. T:32886780
Sala Cinemateca – Largo Senador Raul Cardoso, 207. Vila Clementino. T: 35126111 ramal 215
Cineusp Paulo Emílio – Rua do Anfiteatro, 181 Favo 4. Cidade Universitária. T:30913540