Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2011 / 07 / Djavan se apresenta em países africanos de língua portuguesa

Djavan se apresenta em países africanos de língua portuguesa

por Guilherme Bryan, para a Rede Brasil Atual publicado 06/07/2011 17h06

Parece até inacreditável, mas até agora o cantor e compositor Djavan, um dos maiores nomes da música popular brasileira, ainda não havia sido convidado para se apresentar em Cabo Verde e Moçambique, países em que o Português é a língua oficial. A ausência está sendo suprida agora.

O astro já realizou um show na Cidade de Mindelo, na Ilha de São Vicente, em 29 de junho; e na Cidade da Praia, na Ilha de Santiago, em 1 de julho. Nesta quinta e sexta-feira (7 e 8), ele vai a Maputo, capital de Moçambique. "Eu fui criado sob a cultura negra, tenho total a coisa do sangue negro, da veia negra na minha vida", declarou ao seu site oficial.

O repertório do espetáculo é o CD mais recente de Djavan, "Ária", em que atua como crooner interpretando clássicos como "Disfarça e Chora", de Cartola e Dalmo Castello; "Fly Me To The Moon", de Bart Howard; "Palco", de Gilberto Gil; "Oração ao Tempo", de Caetano Veloso; "Apoteose ao Samba", de Silas de Oliveira e Mano Décio; e "Valsa Brasileira", de Edu Lobo e Chico Buarque, entre outras. Mas não faltam, claro, sucessos como "Oceano", "Sina" e "Pétala", entre outros.

"Na primeira vez que eu fui à África, em 81, tomei o maior susto quando pude identificar ali a raiz da minha música, porque eu tenho uma música que no início da minha carreira era muito contestada por muita gente. Diziam que era uma coisa estranha, que não tinha nem pé nem cabeça, que a minha divisão rítmica era uma coisa estranha e tal. Cheguei em Angola e pude ver nitidamente onde estava a raiz disso tudo", acrescentou.