Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2011 / 05 / Exposição de fotos em SP mostra dois lados da carreira de Roberto Carlos

Exposição de fotos em SP mostra dois lados da carreira de Roberto Carlos

por Guilherme Bryan, da Rede Brasil Atual publicado 09/05/2011 12h10, última modificação 09/05/2011 12h18

O cantor Roberto Carlos é tema de exposição de fotos em São Paulo (Foto: ©Fabio Motta/ Agência Estado/AE/DivulgaçãoCiti)

Um corredor separa duas paredes com fotos do cantor e compositor Roberto Carlos, mas, mais do que isso, mostra para o visitante que ele está diante praticamente de duas exposições fotográficas distintas. De um lado, fotos em preto e branco do artista desde os tempos do programa “Jovem Guarda”, da TV Record, na década de 1960, até se transformar no “rei da música romântica”, nos anos 80. Do outro lado, apenas fotos coloridas pertencentes a década recém-acabada, em que ele praticamente só apareceu nos especiais de finais de ano da TV Globo e em projetos comemorativos, como o encontro com Caetano Veloso e com cantoras como Alcione e Ivete Sangalo.

Assim é a exposição “Roberto Carlos – O Artista e Seu Público”, que está em cartaz de graça no Espaço Cultural Citi, em São Paulo, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h, até 27 de maio. Com curadoria de Jacob Klintowitz, a mostra homenageia os 50 anos de carreira de Roberto Carlos, completados em 2010, e os 70 anos de vida, em 19 de abril. Além das fotografias, há um misto de pintura e objeto realizado em 1976, pela artista plástica Maria Helena Chartuni.

Klintowtiz explica o tipo de artista que procurou representar nessa exposição, que contém principalmente fotos de agências de notícias, como a do Estadão: “Roberto Carlos, o cantor de histórias e vivências cotidianas, elevou o seu ofício à mais alta qualidade. Não apenas ele é senhor da divisão das frases e do espaço rítmico, como tem pleno conhecimento de suas características pessoais, de suas qualidades, limites e potencialidades. E é disto de que se vale, pois um artista trabalha com a abundância e a carência, e tanto maior será quanto mais souber transformar o seu ser num instrumento de fazer arte”.

 

Serviço

Espaço Cultural Citi – Avenida Paulista, 1111. Térreo.
T: (11) 40093000.
De terça a sexta-feira, das 10h às 17h, e sábados, domingos e feriados, das 9h às 19h.
Grátis