Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2011 / 02 / A magia de Escher em exposição

A magia de Escher em exposição

por Guilherme Bryan, especial para a Rede Brasil Atual publicado 03/02/2011 13h20

Répteis, 1943, está entre os destaques da exposição de Escher no CCBB (© M.C. Escher Foundation - Baarn - The Netherlands)

Ver uma obra do artista gráfico holandês Maurits Cornelis Escher (1898-1972) é se surpreender com o inesperado. Escadas que o observador sobe com o olhar até descobrir que voltou ao mesmo ponto do início; pássaros que sofrem completa mutação e se transformam em peixes; e auto-retrato criado a partir do reflexo produzido numa bola de vidro são alguns exemplos da magia da obra desse artista, que pode ser conferida na exposição “O Mundo Mágico de Escher”, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, de terça-feira a domingo, das 9h às 21h, até 27 de
março, quando parte para o CCBB de São Paulo. A entrada é franca.

Serviço:

- Centro Cultural Banco do Brasil – Salas A a I – 1º andar.
Rua 1º de março, 66. Centro. Rio de Janeiro/RJ.
Telefone: (21) 38082020

- De terça-feira a domingo, das 9h às 21h.

- Até 27 de março. Grátis.

Ao todo, são 92 obras que mostram as explorações do infinito, o espelhamento e as metamorfoses principalmente de figuras geométricas, sempre provocando ilusões de ótica no observador, que se tornaram as principais marcas do ilusionista Escher, em xilogravuras, litografias e meios-tons. Entre as obras, merece destaque “Répteis”, que mostra jacarés saindo de um quadro e caminhando pelo desenho.

Os desenhos caleidoscópicos também merecem destaque, assim como outras experiências que procuram desvendar os mistérios por trás da obra desse artista, como olhar pela janela de uma casa e ver tudo em ordem e, em seguida, ver tudo flutuando por outra janela. Também é possível ver um filme em 3D, que realiza uma espécie de passeio por dentro de todas as obras.

Portanto, trata-se de uma experiência única penetrar pelo universo de um dos artistas gráficos mais admirados do mundo. Não é à toa que ele serviu de inspiração para inúmeros outros artistas e produções culturais, desde videoclipes e videogames até filmes e desenhos animados. Esse é o caso do videoclipe “Around The World”, dirigido por Michel Gondry e inspirado na obra “Encounter”; do filme “Labirinto – A Magia do Tempo”, estrelado por David Bowie e com referências à tela “Relativity”; e da abertura da telenovela “Top Model”, exibida em 1990 pela TV Globo e inspirada na mesma obra, que mostra várias escadas, de diversos ângulos, em um mesmo espaço.

registrado em: ,