Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Copa na Rede / 2013 / 06 / Tarde de Chicharito em vitória do México

“Amistoso” em BH

Tarde de Chicharito em vitória do México

Vitória por 2 a 1 tira peso de mexicanos, que haviam vencido apenas uma nas últimas onze partidas. Japão, cansado, não repete boa partida que fez contra a Itália
por Frédi Vasconcelos, do Futepoca publicado 22/06/2013 19h39
Vitória por 2 a 1 tira peso de mexicanos, que haviam vencido apenas uma nas últimas onze partidas. Japão, cansado, não repete boa partida que fez contra a Itália
Ide Gomes/Frame/Folhapress
Chicharito

Homem do jogo, Chicharito Hernandez fez e perdeu gols.

O melhor jogador do México, Chicharito Hernandez, foi o personagem da vitória sobre o Japão por 2 a 1, nesta tarde, no Mineirão, em Belo Horizonte. Fez dois gols de cabeça e perdeu duas vezes o mesmo pênalti aos 47 minutos do segundo tempo. Bateu, o goleiro Kawashima defendeu e Chicharito mandou uma bomba no travessão. Gol que acabou não fazendo falta para a até certo ponto tranquila vitória mexicana. Foi um verdadeiro amistoso, já que as duas equipes não tinham mais chance de classificação por terem perdido os dois primeiros jogos da Copa das Confederações.

O começo da partida foi até certo ponto morno, com o Japão com mais posse de bola. O primeiro lance de perigo veio aos 4 minutos, com Kagawa invadindo a área mexicana e chutando para boa defesa de Ochoa. Aos 9, gol anulado de Okazaki, em impedimento marcado pelo bandeira. A partida seguiu concentrada no meio de campo, com México adiantando os jogadores para o campo adversário e dificultando a saída de bola japonesa. Emoção novamente só com cabeçada de Guardado, que foi parar na trave aos 39 minutos. O primeiro tempo terminou no 0 a 0, decepcionando os mineiros que apoiavam o Japão desde o primeiro minuto.

Na segunda etapa, o México começou melhor, marcou a saída de bola e passou a ter mais chances até o primeiro gol de Chicharito, aos 8 minutos. Depois, bola de Giovani dos Santos na trave e novo gol do México aos 20 minutos. Escanteio batido na primeira trave, bola foi desviada por Mier e Chicharito fez nova conclusão de cabeça já na pequena área.

O Japão parecia cansado e não conseguia repetir a grande partida que fez contra a Itália. Os principais jogadores, Honda e Kagawa, fizeram partida bem abaixo do esperado. A bola japonesa circulava no meio de campo, mas não conseguia entrar na área do México. O que só aconteceu aos 37 minutos, mas o gol foi perdido.

Em seguida, aos 40, inversão de bola de Honda para Endo, que cruzou para o gol de Okazaki. No final, já nos acréscimos, pênalti de Uchida em Chicharito, que bateu, o goleiro defendeu e o mexicano terminou sua participação na Copa das Confederações com uma bomba no travessão. Agora, os dois voltam para casa, com o Japão já se arrumando para a Copa do Mundo no ano que vem e o México penando para conseguir classificação na Concacaf, em que está em terceiro, com risco de perder a vaga.


registrado em: , ,