Home Blogs Nunca na história desse país um presidente deu respostas tão boas quanto as minhas
Diário do Bolso

Nunca na história desse país um presidente deu respostas tão boas quanto as minhas

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o Marcelo Álvaro, meu ministro do Turismo. Teve gente que disse que eu devia mandar o cara embora. Mas, se não mandei o Ricardo Salles, que já foi condenado, vou dar um pé na bunda dele?
Publicado por Glauco Faria, para a RBA
08:36
Compartilhar:   
Ivo Minkovicius

Diário, hoje tem Kkks do Jair. É que eu e o meu pessoal aprontamos muito nessa semana.

1-) Por exemplo, ontem, sábado, dei uma volta de moto e um cara de bicicleta gritou: “Cadê o Queiroz?”. Não tive nem dúvida. Na mesma hora respondi: “Tá com a sua mãe!”. Nunca na história desse país um presidente deu respostas tão boas quanto as minhas, kkk!

2-) O Ricardo Salles, ministro do meio-ambiente, está fazendo uma viagem secreta. Primeiro pela Alemanha. Mas não está visitando ninguém do Partido Verde alemão. Ele foi falar é com a Bayer, a Basf e a Volkswagen. E na Inglaterra vai falar com investidores do setor de mineração, farmácia, energia, petróleo e gás. Esse Ricardo adora o verde. Mas não o verde-mato. Ele adora é o verde-dólar, kkk!

3-) A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o Marcelo Álvaro, meu ministro do Turismo. Teve gente que disse que eu devia mandar o cara embora. Mas, se não mandei o Ricardo Salles, que já foi condenado, vou dar um pé na bunda do Marcelo Álvaro? Não mesmo. Eu devia era passar o cara para a Agricultura, porque ninguém entende mais de laranja do que ele, kkk!

4-) O Roberto Alvim, diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, aquele que chamou a Fernanda Montenegro de “sórdida” e “mentirosa”, vai entregar o teatro Glauce Rocha para uma companhia de teatro evangélica. Agora vai ser tudo assim. Pra ter alguma coisa da Funarte vai ter que ser evangélico e de direita. Uma tal de Maria Ester, coordenadora da Funarte em São Paulo, ficou contra isso daí e já foi pro olho da rua, kkk!

5-) E o Guedes propôs que uma parte do dinheiro arrecadado com os leilões de petróleo sejam convertidos em emendas parlamentares. Assim os deputados e senadores vão votar a Previdência e as outras reformas com mais gosto. A ideia dele é que 70% do dinheiro fiquem com a União, 12% vão para os parlamentares, 9% para os estados e 9% para os municípios. Ou seja, o parlamentar tá valendo mais do que estados e cidades. Só o primeiro leilão vai ser de mais de cem bilhões. Olha aí o meu Petrolão, kkk!

Quanta coisa engraçada, não é, Diário? Quanta coisa engraçada!