Home Blogs Abre da rodada: Uruguai e Inglaterra jogam suas fichas
Grupo da Morte

Abre da rodada: Uruguai e Inglaterra jogam suas fichas

Uruguaios e ingleses entram em campo para evitar ser a primeira vítima do Grupo da Morte. Pelo Grupo D, Colômbia e Costa do Marfim buscam antecipar classificação
Publicado por Futepoca
07:05
Compartilhar:   
Tolga Bozoglu/EFE
Luis Suárez

Suárez pode até reclamar, mas é nas suas costas que vão as esperanças de gol uruguaias contra a Inglaterra

Depois de uma quarta-feira de grandes jogos e feitos, como a eliminação precoce da Espanha e o jogaço entre Holanda e Chile, a segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo continua nesta quinta (19). O destaque do dia é a partida decisiva entre Uruguai e Inglaterra, os dois derrotados do Grupo C, o chamado Grupo da Morte. Completam o dia as duas partidas do Grupo D, em tese um dos mais equilibrados da competição.

Colômbia x Costa do Marfim – 13h, Mané Garrincha (Brasília)

As duas equipes fazem o duelo dos vencedores da primeira rodada no Grupo C. Dessa forma, o vencedor da peleja pode comemorar uma classificação antecipada. Os sulamericanos venceram a Grécia no primeiro jogo por 3 a 0, com direito ao famigerado “Armeration”, dancinha do lateral-esquerdo ex-Palmeiras. Destaques do time, os meias Cuadrado e James Rodríguez estarão em campo. E outra força deve vir das arquibancadas, que contra a Grécia estiveram tomadas por milhares de colombianos.

Do lado dos africanos, não há problemas para o técnico Sabri Lamouchi, que poderá contar com força máxima. Inclusive com um reforço: Didier Drogba, que começou no banco na estreia, deve iniciar a partida, formando o ataque ao lado de Gervinho e Bony. O veterano centroavante não marcou contra o Japão, mas é fato que os dois gols da virada por 2 a 1, feitos por seus dois companheiros no ataque, só saíram após sua entrada. Outro destaque do primeiro jogo foi o lateral direito Serge Aurier, autor dos cruzamentos para os dois tentos.

Uruguai x Inglaterra – 16h, Arena Corinthians (São Paulo)

Os dois times entram em campo apostando tudo numa vitória: quem perder pode dar adeus ao mundial. Os sulamericanos protagonizaram a primeira zebra da Copa, ao serem derrotados de virada pela Costa Rica por 3 a 1. Agora terão o retorno do atacante Luis Suárez, que vem treinando com bola depois de uma contusão que o deixou fora da estreia, para tentar a vitória contra os ingleses. Por outro lado, desfalcam a equipe o zagueiro e capitão Diego Lugano, lesionado, e do lateral Maxi Pereira, suspenso. Em seus lugares, devem entrar Coates e Fucile.

Os conterrâneos de Mick Jagger também vêm de derrota, no bem disputado clássico contra a Itália, que terminou em 2 a 1 para Pirlo e cia. Os ingleses ainda podem dizer que fizeram uma boa partida, o que definitivamente não foi o caso de seus rivais desta quinta. Até por isso, o mesmo time deve iniciar a partida decisiva contra os uruguaios. A esperança de gols fica por conta de Wayne Rooney, que precisa desencantar: nunca marcou em uma Copa.

Japão x Grécia – 19h, Arena das Dunas (Natal)

Derrotadas na estreia, as duas seleções vão atrás da vitória para continuar na briga. Sem desfalques, o Japão vem a campo com a mesma formação da estreia, quando seu jogo que une velocidade e aplicação tática na marcação não foi páreo para a força física dos marfinenses. Contra a forte defesa grega, o problema pode reaparecer. As apostas ficam para os meias Kagawa e, principalmente, Honda, autor de um belo gol na estreia.

Do lado grego, o fraco desempenho ofensivo pode melhorar com a possível volta do atacante Mitroglou, artilheiro do time nas eliminatórias europeias. Ele pode ser uma opção para aproveitar os lançamentos dos meias Kone e Samaras. O fato é que, preparado para defender, o time não conseguiu encontrar espaços após levar o primeiro gol da Colômbia. Esperança para os ofensivos japoneses.