O Brasil por biomas

Cooperativa lança loja virtual com produtos da agricultura familiar do Cerrado e da Caatinga

Mais de 30 associações e organizações comunitárias, que produzem alimentos de forma sustentável, fazem parte do e-commerce da Central do Cerrado

Marcus Desimoni/ NITRO
Estamos celebrando a biodiversidade e os povos tradicionais dos Cerrado e da Caatinga", destaca o diretor executivo da Central do Cerrado

São Paulo – Os produtos da agricultura familiar do Cerrado e da Caatinga agora estão disponíveis para a compra por meio de uma loja virtual. Lançada no dia 15 de maio, a iniciativa é da cooperativa Central do Cerrado – Produtos Ecossociais e reúne mais de 30 organizações comunitárias que produzem a partir do uso sustentável da biodiversidade dos biomas. 

No e-commerce estão dispostos mais de 250 produtos e ingredientes regionais. Entre eles, castanha-de-baru, doces, castanha-de-pequi e óleo derivado do fruto farinhas de buriti. Além de outras produções que não são ofertadas nas prateleiras dos mercados das grandes capitais, como comenta o diretor executivo da Central do Cerrado, Luiz Carrazza. 

Em entrevista à jornalista Marilu Cabañas, da Rádio Brasil Atual, Carrazza destaca que o site vem para contribuir com a renda e a preservação dos povos tradicionais, que, em tempos de pandemia, estão com dificuldades na comercialização de suas produções.

“A loja é uma ponte entre os produtores da biodiversidade nativa e as comunidades que produzem, com os consumidores. Mas a gente, na verdade, também está fazendo o trabalho de apresentar o Brasil para os brasileiros”, explica o diretor executivo.

A plataforma também oferece, por trás de cada produto, informações sobre a origem social das comunidades produtoras. A ideia é saber o que está se comendo da agroecologia “sem veneno, sem química e com muito amor pela terra e a natureza como um todo”, lembra Carrazza.”Estamos celebrando a biodiversidade e os povos tradicionais dos Cerrado e da Caatinga”, finaliza.

Você pode conhecer a loja virtual e os produtos da agricultura familiar, clicando aqui.  A Central do Cerrado entrega os produtos em todo o Brasil.