ALERTA

Em dia de Greve pelo Clima, Bolsonaro é ‘lembrado’ durante protesto na Europa

Presidente aparece ao lado de Trump entre os "meninos mal comportados" do aquecimento global, que não merecem presente de Natal

Paulo Pimenta/Público
Mal comportamento na questão ambiental rende menção a Bolsonaro e Trump no Porto

São Paulo – O nome de Jair Bolsonaro foi incluído entre os de “meninos mal comportados” que não merecem ganhar presente de Natal este ano. O movimento Greve pelo Clima realizou nesta sexta-feira (29) um dia mundial de Greve pelo Futuro – também chamado de Friday Future.

No protesto, que reuniu algumas centenas de pessoas na cidade do Porto, em Portugal, o nome do presidente do Brasil aparece listado ao lado de João Matos Fernandes, João Galamba e Antônio Costas (ministros do Ambiente, da Energia e primeiro-ministro portugueses, respectivamente), além do mandatário norte-americano, Donald Trump. Estão num cartaz erguido por um jovem vestido de “Mamãe Noel”.

De acordo com o jornal Público, esta é a quarta edição da jornada estudantil de alerta contra as mudanças climáticas, as responsabilidades dos países desenvolvidos pelo aquecimento global e a ligação direta entre os problemas ambientais que assolam o planeta e as desigualdades sociais e regionais.

Convocado pelas mesmas organizações e lideranças que realizaram o movimento entre 20 e 23 de setembro, entre elas a ativista sueca Greta Thunberg, o protesto de hoje alcançou 2.400 cidades em 157 países, segundo o jornal Deutsche Welle. Greta Thunberg, uma das pioneiras da movimentação iniciada no ano passado, usou as redes sociais para chamar para o ato de hoje, do qual não participou diretamente, por estar em viagem para participar da Conferência em Madri.

A COP25, antes programada para ocorrer no Chile, será aberta na capital espanhola no próximo dia 3. E será acompanhada de perto pela Conferência dos Povos, que reunirá ambientalistas e organizações sociais de todo o mundo.


Leia reportagens completas
Público – Cartazes ensopados, gargantas quentes: no Porto, a chuva afugentou, mas não calou os grevistas
Deutsche Welle – Protestos pedem mais ações para conter mudanças climáticas