foz do iguaçu

Em visita a projeto da Itaipu Binacional, Lula destaca integração social

Programa Cultivando Água Boa engloba diversos programas em prol da qualidade da água, com trabalhos de proteção, manejo e conservação dos solos e das águas

ricardo stuckert/instituto lula
lula

Ex-presidente compareceu a evento com ministro Edison Lobão e o diretor-geral da Itaipu Binacional, Jorge Samek

São Paulo – Ao participar ontem (20) do Encontro Cultivando Água Boa da Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu (PR), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula falou sobre a importância do programa e do orgulho de ver como ajudou a desenvolver e preservar a região. “É uma coisa incrível, de uma abordagem integrada e participativa, na qual as comunidades e as pessoas assumem a questão da água como algo que diz respeito à vida”, disse. Lula estava acompanhado do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek.

O ex-presidente afirmou que o programa é a “concretização de que quando o ser humano tem vontade, não existem limites para realizar as coisas”. Destacou a importância da usina para a integração latinoamericana. “Todos sabem que eu sou um fanático da integração. Nós ainda não chegamos lá, mas a Itaipu contribuiu muito.”

Jorge Samek ressaltou que a Itaipu “não produz só energia elétrica, produz conhecimento, tecnologia e inclusão social”. O ministro Lobão completou: “A hidrelétrica produz energia humana”.

Programa

O programa Cultivando Água Boa engloba diversos programas em prol da qualidade da água, com trabalhos de proteção, manejo e conservação dos solos e das águas; na preservação, recuperação e conservação da biodiversidade, em especial através da recuperação de matas ciliares e formação de corredores de biodiversidade; no restabelecimento dos fluxos ambientais; no fortalecimento da agricultura familiar, entre outras frentes. Foi implementado em 2003 e promove a gestão da bacia hidrográfica com amplo processo participativo, de cidadania, de responsabilidade compartilhada com a população.

Com informações do Instituto Lula

Leia também

Últimas notícias