Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2018 / 01 / Transportadores desocupam secretaria após derrubar ameaça de desemprego por Doria

educação

Transportadores desocupam secretaria após derrubar ameaça de desemprego por Doria

Motoristas de peruas escolares conquistam revogação de portaria e acordo para participar da construção de nova proposta para o atendimento de alunos
por Redação RBA publicado 19/01/2018 12h26, última modificação 19/01/2018 12h58
Motoristas de peruas escolares conquistam revogação de portaria e acordo para participar da construção de nova proposta para o atendimento de alunos
Marcelo Camargo/ABr
motoristas teg.jpg

Acordado conquistado prevê a criação de comissão para participar do debate sobre nova proposta para condutores do TEG

São Paulo – Motoristas do Transporte Escolar Gratuito (TEG), que atendem estudantes da rede municipal de ensino em São Paulo, desocuparam na tarde desta quinta-feira (18) a Secretaria Municipal de Educação, após a prefeitura revogar a portaria que prejudicava a categoria. Eles estavam desde a quarta-feira na sede da pasta, na Vila Mariana, zona sul da cidade.

De acordo com o diretor social da União Geral do Transporte Escolar de São Paulo (Ugetesp), Jorge David Salgado, o Formiga, a categoria se reuniu com o vereador e presidente da Câmara Municipal, Milton Leite (DEM), e os secretários Alexandre Schneider (Educação) e Sérgio Avelleda (Transportes), quando foi acordada a revogação da Portaria conjunta SMT/SME nº 01, publicada na última segunda (15).

A portaria do prefeito João Doria (PSDB) previa a realização de um sorteio para selecionar os motoristas que seriam credenciados. Segundo os trabalhadores, a escolha seria realizada por meio da placa dos veículos, sem considerar, por exemplo, o histórico de trabalho ou mesmo o tempo de serviços prestados pelos profissionais ao TEG. Cerca de 2 mil trabalhadores estavam sob ameaça de ficar desempregados.

Formiga também afirma que foi acordado a criação de uma comissão para, junto com as secretarias, construir uma nova proposta para os condutores do TEG.