Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2017 / 10 / Agência do Banco do Brasil oferece pirulito a quem bater meta

'Deboche'

Agência do Banco do Brasil oferece pirulito a quem bater meta

Sindicato dos Bancários afirma que a iniciativa configura prática abusiva e lembra que a elaboração de ranking de desempenho é proibida pela convenção coletiva da categoria
por Redação RBA publicado 11/10/2017 15h39, última modificação 11/10/2017 16h06
Sindicato dos Bancários afirma que a iniciativa configura prática abusiva e lembra que a elaboração de ranking de desempenho é proibida pela convenção coletiva da categoria
Reprodução/SP Bancários
Pirulito

Para compensar o aumento da carga de trabalho, BB oferece pirulito para estimular seus funcionários

São Paulo – Um superintendente regional do Banco do Brasil gravou um vídeo em que oferece pirulitos para os bancários que cumprirem metas de desempenho. A suposta campanha, alusiva ao Dia da Criança, comemorado nesta quinta-feira (12), daria um pirulito grande para os primeiros bancários que alcançassem a meta de R$ 500 em Resultado de Seguridade, que inclui serviços de capitalização, previdência ou seguro de vida. 

Após os primeiros colocados, os demais que atingissem o objetivo ganhariam pirulitos menores, e todos que batessem a meta ganhariam um cupom para concorrer a outro pirulito gigante. 

Para o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, a ação proposta pelo gestor configura prática abusiva. "É um grande deboche. Estamos enfrentando uma série de descomissionamentos, com uma administração que vem aumentando ainda mais a sobrecarga de trabalho dos bancários, e ainda vem essa notícia de que a recompensa aos colegas que dedicam seu trabalho ao banco será um pirulito", critica Felipe Garcez, trabalhador do Banco do Brasil e diretor do sindicato. 

Ele afirma, ainda, que práticas desse tipo tendem a se repetir e se agravar, por causa da aprovação da reforma trabalhista do governo Temer, que entra em vigor no próximo mês. O sindicato lembra que a elaboração e divulgação de ranking de desempenho dos trabalhadores é vedada pela convenção coletiva da categoria e deve ser denunciada. 

Assista ao vídeo:

Com informações dos Bancários SP