Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 08 / Comerciários de São Paulo lançam campanha salarial

Comerciários de São Paulo lançam campanha salarial

Entre as reivindicações está reajustes salariais, participação nos lucros e jornada de 40 horas semanais
por Redação da RBA publicado 13/08/2012 17:40, última modificação 13/08/2012 17:46
Comments
Entre as reivindicações está reajustes salariais, participação nos lucros e jornada de 40 horas semanais

São Paulo – A Federação dos Comerciários de São Paulo (Fecomerciários), que reúne 67 sindicatos, lançou na manhã de hoje (13) sua campanha salarial unificada de 2012 e 2013 em um ato na avenida Paulista, que reuniu cerca de mil pessoas e durou cerca de duas horas. A categoria abarca 2,5 milhões de trabalhadores.

A pauta de reivindicações da chamada “Campanha Trabalho com Dignidade”, aprovada em assembleia por delegados dos sindicatos filiados, tem 140 cláusulas, entre elas aumento real de 4,5%, reajuste de 12% nos pisos salariais, jornada de trabalho de 40 horas, fim do fator previdenciário, participação nos lucros e melhores condições de trabalho dos finais de semana e feriados.

O ato teve início no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp) e seguiu até a sede da Federação do Comércio (Fecomércio), na avenida 9 de Julho, para uma  reunião dos membros dos sindicatos filiados.

Entre eles está o Sindicato dos Comerciários de São Paulo, que prevê agendar uma reunião com representantes da Fecomércio já na próxima semana para apresentar as reivindicações. “Estamos muito otimistas e também preparados para, se for preciso, iniciarmos uma série de atos relâmpagos e paralisações”, afirma o presidente do sindicato, Ricardo Patah. “Somos hoje a maior categoria profissional do país e esperamos que os empresários reconheçam isto e valorizem os trabalhadores. Vale lembrar que na crise econômica de 2008 o comércio teve um papel fundamental para manter a economia do Brasil mais estável”, avalia Patah.

registrado em:
comentários do blog alimentados pelo Disqus