Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 05 / Brizola Neto: 'É possível modernizar as relações trabalhistas sem precarizar direitos'

Brizola Neto: 'É possível modernizar as relações trabalhistas sem precarizar direitos'

por Terlânia Bruno, da Rede Brasil Atual publicado , última modificação 01/05/2012 19h10

São Paulo – O novo ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, presente às comemorações do Dia do Trabalho, no vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, disse estar orgulhoso de ser indicado para comandar o ministério. Segundo ele, a vida dos trabalhadores brasileiros melhorou muito nos últimos anos e isso significa "identidade profunda do governo com o povo brasileiro".

Questionado sobre suas metas à frente do Ministério do Trabalho, Brizola Neto disse que o aumento da produtividade, um dos itens da pauta dos  trabalhadores, deve ocorrer sem ameaçar os direitos e as garantias. "O governo tem apontado caminhos, como o Plano Brasil Maior, a desoneração da folha salarial, exemplos de que é possível modernizar as relações trabalhistas sem precarizar direitos."

Segundo ele, hoje os trabalhadores podem comemorar o fato de o país oferecer oportunidades. "Num ambiente de crescimento econômico e quase pleno emprego, é possível avançar na luta da classe trabalhadora. Temos de comemorar os avanços dos últimos anos no nosso país", disse.