Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 04 / Com acordo, trabalhadores não vão entrar em greve nas usinas do Rio Madeira

Com acordo, trabalhadores não vão entrar em greve nas usinas do Rio Madeira

por Sabrina Craide, da Agência Brasil publicado 19/04/2012 17h13, última modificação 19/04/2012 17h13

Brasília – Os trabalhadores das usinas hidrelétricas Santo Antônio e Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, aceitaram hoje (19) em assembleia os termos do acordo com os consórcios construtores dos dois empreendimentos. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil de Rondônia (Sticcero), Raimundo Soares da Costa, a proposta foi aceita por unanimidade pelos empregados. Com o acordo, fica afastada a possibilidade de novas paralisações no curto prazo.

O acordo garante reajuste salarial de 13% para funcionários que ganham até R$ 1.550; de 10% para quem recebe entre R$ 1.551 a R$ 2,5 mil; e de 7% para os que recebem mais de R$ 2,5 mil. As cestas básicas passaram de R$ 170 para R$ 270 na primeira faixa salarial; R$ 240 na segunda; e R$ 200 na terceira. Os novos salários valem a partir de 1º de maio.

Os operários das duas usinas fizeram uma greve no mês passado para reivindicar melhores condições de trabalho.

registrado em: ,