Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 03 / Após protestos, faculdade convida professor demitido com problemas de saúde a reassumir cargo

Após protestos, faculdade convida professor demitido com problemas de saúde a reassumir cargo

Manifestação dos estudantes em frente à Cásper Líbero e carta de Caio Túlio Costa pressionaram a faculdade
por Redação da RBA publicado , última modificação 19/03/2012 18h41
Manifestação dos estudantes em frente à Cásper Líbero e carta de Caio Túlio Costa pressionaram a faculdade

São Paulo – Após manifestações dos estudantes, a Faculdade Cásper Líbero divulgou nota convidando o professor e jornalista Edson Flosi, com problemas de saúde, a reassumir o cargo. A decisão foi anunciada hoje (19), após protesto de estudantes e pouco antes de uma assembleia para debater a reação dos alunos à atitude da instituição.

Segundo o comunicado, pesou a favor do convite a demissão, em solidariedade ao colega, do professor e jornalista Caio Túlio Costa, que publicou uma carta na qual considerava que a instituição havia se equivocado ao dispensar o professor com problemas de saúde. Contratado há 16 anos, Flosi prestava, desde que ficou doente, serviços de assessoria e orientação de alunos. "Não me sinto bem em ambiente que comete tal ação e cujos dirigentes concordem com ela caso tenha sido imposta por instância superior da Fundação Cásper Líbero, mantenedora da faculdade”, diz trecho da carta.

Em outro documento, Flosi disse que não foi informado pela instituição sobre os motivos da demissão. "Doença não gera estabilidade. Demitir um professor doente é legal. Pode não ser moral, mas é legal. O trabalhador não pode esperar atitude humanitária da empresa. Afinal, vivemos em um regime capitalista. Quanto à atitude do professor Caio Túlio, fiquei emocionado com a sua solidariedade.”

registrado em: , ,