Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2011 / 04 / Rio de Janeiro comemora 1º de Maio na Quinta da Boa Vista e no Complexo do Alemão

Rio de Janeiro comemora 1º de Maio na Quinta da Boa Vista e no Complexo do Alemão

por Redação da RBA publicado 29/04/2011 11:43, última modificação 29/04/2011 11:54
Comments

São Paulo – O Dia do Trabalhador, neste domingo (1º), será celebrado com dois eventos promovidos por centrais sindicais no Rio de Janeiro (RJ). A exemplo do que ocorre em São Paulo (SP), cinco centrais promovem um dos eventos, no Complexo do Alemão, enquanto a Central Única dos Trabalhadores (CUT) realiza o outro, na Quinta da Boa Vista.

O local, no bairro de São Cristovão, tradicionalmente recebe eventos em 1º de maio. Neste ano, as atividades começam às 10h. O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, havia confirmado presença na quinta-feira (28).

Beth Carvalho comanda o "Show do Trabalhador", previsto para começar às 18h. O evento oferece serviços gratuitos, como emissão da Carteira de Trabalho, cadastro no Balcão de Empregos, entrada no seguro-desemprego, entre outros. Às 16h, um telão exibe a final da Taça Rio de futebol, entre Vasco e Flamengo.

O Complexo do Alemão, palco de uma megaoperação policial de combate ao crime organizado em 2010, terá o evento das demais entidades. O evento de Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Força Sindical, Nova Central Sindical dos Trabalhadores e União Geral dos Trabalhadores (UGT) será no Campo do Ordem, a partir das 10h.

A confraternização começa a partir das 10h, com um ato ecumênico. Em seguida, apresentações da cantora Léa Mendonça, a banda Bala de Coco e o grupo Bom Gosto. Para finalizar, o cantor Arlindo Cruz se apresenta.

Na pauta das centrais, a redução da jornada de trabalho sem redução de salário, o fim do fator previdenciário, a valorização dos aposentados e pensionistas, do serviço e do servidor público, da saúde, da educação e do ensino profissional e o salário mínimo.

Com informações do Vermelho

comentários do blog alimentados pelo Disqus