Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2010 / 03 / Ministro diz que fevereiro deve registrar recorde na geração de empregos

Ministro diz que fevereiro deve registrar recorde na geração de empregos

por Flávia Albuquerque publicado , última modificação 12/03/2010 16h40

São Paulo - O mês de fevereiro será o melhor fevereiro da história em termos de geração de empregos, chegando a mais de 181 mil novos postos de trabalho. A afirmação foi feita nesta sexta-feira (12) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. Segundo ele, os números serão confirmados na próxima semana, mas já superaram os do mês de janeiro.

O ministro disse que a indústria está puxando as contratações, porque os estoques estão praticamente zerados e algumas empresas, que aproveitaram a crise econômica global para demitir funcionários precipitadamente, agora estão voltando a contratar. “Este mês eu acho que já se recuperam plenamente todas as demissões, pelos índices que eu vi até agora”, destacou o ministro.

Para ele, a retirada da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de veículos novos e de alguns eletrodomésticos não influenciará nas contratações, porque o que tinha que vender com a redução já foi vendido. Segundo ele, com o aumento real do salário e a contratação em massa, o ritmo de vendas deve continuar forte.

Lupi ressaltou que é a favor da redução da jornada de trabalho, sem diminuição do salário, para 40 horas semanais. “Esse mecanismo é inexorável, porque todo o mundo moderno já está praticando 36, 37 [horas semanais]. Esse é o caminho natural, porque inclusive o trabalhador produz mais. Todos os países que adotaram menos de 40 horas semanais melhoraram sua produtividade”, afirmou.

A proposta de emenda à Constituição que reduz a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais aguarda votação na Câmara dos Deputados.

Fonte: Agência Brasil

registrado em: ,