Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2010 / 02 / Governo deu concessão de trabalho a 42.914 estrangeiros em 2009

Governo deu concessão de trabalho a 42.914 estrangeiros em 2009

Mais de 30% das autorizações foram para o setor de petróleo
por Vitor Nuzzi, da RBA publicado , última modificação 10/02/2010 16h47
Mais de 30% das autorizações foram para o setor de petróleo

São Paulo - O Ministério do Trabalho e Emprego concedeu no ano passado 42.914 autorizações de trabalho a estrangeiros, um pouco abaixo do registrado em 2008 (43.993). Desde 2005, o número de concessões chegou a 165.993, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (10) pela Coordenação Geral de Imigração do ministério.

"A vinda de profissionais estrangeiros está relacionada com a implementação de investimentos, já que são pessoas que detêm conhecimentos específicos em uma tecnologia, um processo industrial ou equipamento. Portanto, o aumento do número de autorizações reflete o crescimento acelerado do nosso país", afirmou o coordenador-geral de Imigração, Paulo Sérgio de Almeida.

Apenas o Rio de Janeiro teve 18.956 autorizações, "refletindo o peso que a indústria do petróleo tem na região", diz o ministério. Em seguida, vem São Paulo, com 18.285 concessões de trabalho para estrangeiros.

Por país, os Estados Unidos tiveram 5.590 concessões, seguidos de Filipinas (4.969), Reino Unido (3.496), Índia (2.630) e França (1.908).

O ministério concedeu 13.371 autorizações temporárias (mais de 30% do total)  para trabalho a bordo de embarcação ou plataforma estrangeira, ante 10.974 do ano anterior. "Esses estrangeiros são tripulantes de embarcações estrangeiras que vêm ao Brasil para prestar serviços na área do petróleo, como perfuração e manutenção de poços e lançamento de cabos e dutos", disse o coordenador.

Mais da metade das autorizações foi para trabalhadores com nível superior completo.