Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2009 / 12 / Mercedes-Benz anuncia contratação de 300 trabalhadores em SBC

Mercedes-Benz anuncia contratação de 300 trabalhadores em SBC

por Redação da RBA publicado , última modificação 17/12/2009 15h50

Os presidentes do Sindicato, Sérgio Nobre, e da Mercedez-Benz, Jürgen Ziegler, durante encontro na sede do sindicato (Foto: Antonio Ledes/Divulgação)

São Bernardo - A fábrica da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo deverá contratar mais 300 trabalhadores (sendo 50 aprendizes do Senai) para início em janeiro de 2010. Com o anúncio, a fábrica fecha o ano com o total de 1.600 contratações.

O anúncio foi feito pelo próprio presidente da empresa, Jürgen Ziegler,que visitou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC nesta quinta-feira (17).

“É fundamental encontrar uma entidade com a qual possamos debater e achar saídas conjuntas. Tenho certeza de que sempre buscaremos diálogos para solução de problemas”, disse o novo presidente da Mercedes-Benz, Jürgen Ziegler.

No final de setembro, a Mercedes-Benz havia contratado outros 1.315 trabalhadores para a linha de caminhões e ônibus. Desse total, 800 eram para novos postos de trabalho por prazo determinado de um ano. As outras 515 foram resultado de negociação entre o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a empresa durante toda a crise econômica mundial para garantir a efetivação de 355 trabalhadores temporários e a contratação de 160 aprendizes do Senai formados em janeiro e agosto deste ano.

Visita

A visita inédita foi solicitada por Jürgen Ziegler, que assumiu o cargo em 1° de novembro. De acordo com o presidente do sindicato, Sérgio Nobre esta é a primeira vez que um presidente de montadora visita à sede dos Metalúrgicos do ABC em mais de 20 anos. “Esta atitude coroa nosso trabalho na defesa dos trabalhadores e reconhece nosso esforço por melhorias econômicas para o País”, disse.

Jackson Schneider, presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), que também participou do encontro, lembrou que o sindicato teve um papel fundamental na superação da crise internacional e retomada do crescimento do país. “Tivemos uma grande parceria na criação dos mecanismos de fomento econômico”, afirmou referindo-se às ações do governo federal para conter os efeitos da crise (desoneração do IPI, redução de juros para caminhões e outros).

Com informações do SMABC

registrado em: , ,