Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2009 / 05 / Congressos da CUT são realizados em mais quatro estados

Congressos da CUT são realizados em mais quatro estados

No último fim de semana, Distrito Federal, São Paulo, Piauí e Ceará escolheram novas direções estaduais
por João Peres, da RBA publicado , última modificação 26/05/2009 17h56
No último fim de semana, Distrito Federal, São Paulo, Piauí e Ceará escolheram novas direções estaduais

As representações da CUT no Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima realizam seus congressos estaduais no próximo fim de semana.

Além de elegerem as diretorias responsáveis por colocar em práticas as decisões políticas do congresso, os eventos  indicarão os delegados de cada estado para o Congresso Nacional da central (Concut), que ocorrerá nos dias 3 e 8 de agosto, em São Paulo.

São Paulo, Distrito Federal, Piauí e Ceará  já realizaram seus congressos. O Cecut do Distrito Federal reconduziu ao cargo de presidente Rejane Teixeira e criou quatro novas diretorias: juventude, racial, meio ambiente e saúde do trabalhador. O plano de lutas para os próximos três anos privilegia questões ligadas aos direitos das mulheres, como a implantação de berçários e creches nos locais de trabalho, a realização de campanhas contra assédio moral e sexual e o incentivo de debates de gênero, sexualidade e igualdade de oportunidades. Temas como avanço dareforma agrária, retirada das tropas brasileiras do Haiti e reestatização de empresas também tiveram destaque.

No Cecut paulista, o metalúrgico Adi dos Santos Lima foi eleito novo presidente com a incumbência de comandar a luta contra a opção neoliberal implantada pelos governos do PSDB desde 1994.

O professor Manoel Rodrigues é o novo presidente da CUT no Piauí. As discussões do congresso estadual giraram em torno da crise econômica. Rodrigues conta que muitas prefeituras não querem dar reajuste este ano aos funcionários, e essa será uma das lutas principais. Ele ressalta a pluralidade da nova diretoria, composta por vários segmentos, e aponta que é preciso ampliar a participação dos setores rurais. A CUT Ceará também elegeu um professor, Jerônimo do Nascimento.

registrado em: