Você está aqui: Página Inicial / Saúde e Ciência / 2017 / 06 / Olimpíada Brasileira de Robótica realiza primeira fase nesta sexta

estímulo

Olimpíada Brasileira de Robótica realiza primeira fase nesta sexta

Edição deste ano passou dos 140 mil jovens inscritos; 46% são mulheres
por Redação RBA publicado 02/06/2017 10h53, última modificação 02/06/2017 13h35
Edição deste ano passou dos 140 mil jovens inscritos; 46% são mulheres
OBR/DIVULGAÇÃO
olimpiada brasileira de robótica.jpg

Objetivo da OBR é estimular os jovens do ensino médio e fundamental a se interessar pelo setor tecnológico

São Paulo – Começam a ser aplicadas hoje (2), em todo o Brasil, as provas da primeira fase da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que este ano recebeu pouco mais de 140 mil inscritos – alunos do 1º ano do Ensino Fundamental ao último ano do Ensino Médio. Para Rafael Vidal Aroca, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e coordenador da OBR, a competição estimula os jovens a se interessarem no setor tecnológico.

Nesta 11ª edição do OBR, 46% dos inscritos são meninas, aponta a vice-coordenadora geral, Tatiana Pazelli. "É muito importante que as jovens se identifiquem com essa área do conhecimento e que possam assumir cada vez mais postos de trabalho no setor", afirma. 

As provas dlimpíada são baseadas na grade curricular dos alunos e, segundo a coordenadora da modalidade teórica, Cintia Aihara, a maior parte das questões da primeira fase não necessitam de conhecimento específico em engenharia. "A robótica é um estímulo para o raciocínio e a reflexão do jovem nessa fase de sua vida, em que está descobrindo seus talentos e aptidões", explica.

A segunda fase da OBR, também teórica, será realizada em 25 de agosto. A final nacional será de 8 a 10 de novembro na cidade de Curitiba, juntamente com a Competição Brasileira e Latino-Americana de Robótica (CBR/Larc) e a Mostra Nacional de Robótica (MNR).