Você está aqui: Página Inicial / Saúde e Ciência / 2009 / 08 / Amamentação protege e nutre bebês

Amamentação protege e nutre bebês

Aleitamento materno previne doenças respiratórias e infecciosas nos bebês e é gratuito, lembra especialista
por suzanavier publicado 05/08/2009 13h11, última modificação 05/08/2009 14h38
Aleitamento materno previne doenças respiratórias e infecciosas nos bebês e é gratuito, lembra especialista

Amamentação fortalece o relacionamento entre mães e filhos (Foto: Agência Brasil/Elza Fiúza)

Na Semana Mundial de Amamentação, Davi de apenas 2 meses e 2,5 kg já é um grande símbolo da importância do aleitamento materno para a saúde de bebês, especialmente prematuros como ele.

A mãe do bebê, Waléria Morais, teve complicações aos seis meses e meio de gestação e Davi nasceu pesando 850 gramas.

Desde que recebeu alta, Waléria vai ao hospital duas vezes ao dia, amamentar e retirar leite para as outras “mamadas” que Davi exige durante o dia. “Ele mama de três em três horas e está cada vez mais forte”, explica.

Logo após o nascimento de Davi, Waléria se transformou em especialista em aleitamento materno e aconselha outras mães: “ele é fundamental para nutrir e proteger os bebês nos primeiros seis meses de vida. A mãe produz leite com os anticorpos que o bebê necessita para ficar resistente às doenças”.

De acordo com Ana Cristina Vilhena Abrão, diretora do Banco de Leite do Hospital São Paulo, o aleitamento materno "evita que as mães sofram de hemorragia pós-parto, fortalece o relacionamento entre mãe e filho, previne doenças respiratórias e infecciosas, ajuda a mãe a recuperar o peso mais rapidamente e o leite materno é gratuito".

registrado em: