Você está aqui: Página Inicial / Revista do Brasil / Edição 37 / Curta essa dica
Número 37, Julho 2009

Curta essa dica

por Xandra Stefanel publicado 04/04/2013 12h26, última modificação 08/07/2009 16h02

Bambas da Portela

Mistério do Samba
O documentário O Mistério do Samba (VideoFilmes, R$ 45) retrata o cotidiano, as histórias e os sambistas de Oswaldo Cruz, bairro da zona norte do Rio de Janeiro onde está a comunidade da Portela. Dirigido por Lula Buarque de Hollanda e Carolina Jabor e idealizado e apresentado por Marisa Monte, o longa comove ao apresentar os encontros e rodas de samba e ao resgatar composições dos anos 1940 e 1950 ainda não gravadas. Os passos miúdos dos veteranos, seu coro e suas memórias emocionam até quem é doente do pé.

Homenagem a Carmen

Ná OzzettiA cantora Ná Ozzetti escolheu o cenário musical das décadas de 1930 a 1950 para seu novo CD Balangandãs (MCD, R$ 30). Camisa Listrada, Recenseamento, E o Mundo Não Se Acabou (de Assis Valente), Adeus Batucada, Ao Voltar do Samba (de Sinval Silva), Na Batucada da Vida (Ary Barroso), A Preta do Acarajé (Dorival Caymmi), Touradas em Madri (de Braguinha) estão entre as faixas.

Em Disseram Que Eu Voltei Americanizada, de Luiz Peixoto e Vicente Paiva, Ná faz uma belíssima homenagem à diva Carmen Miranda, que eternizou alguns dos sambas do álbum.


Pulga atrás da orelha

Filme DuvidaO carismático padre Flynn (Philip Seymour Hoffman) tenta mudar os rigorosos costumes mantidos pela irmã Aloysius Beauvier (Meryl Streep) numa escola do Bronx. O padre dá atenção especial ao primeiro aluno negro do colégio, Donald Miller, e desperta desconfiança da ingênua irmã James (Amy Adams). O filme Dúvida, de John Patrick Shanley (autor do livro homônimo), mostra a consequência devastadora da calúnia. Disponível em DVD.


Muito além da novelaQuem quer ser

Se o mundo ocidental vem batendo os olhos no potencial econômico da Índia, não é para menos que a energia cultural do país, com mais de 1 bilhão de habitantes, vire assunto de muitas mídias. Por trás do que mostra a novela Caminho das Índias, há uma diversidade a ser desvendada. Em fevereiro, por exemplo, Quem Quer Ser um Milionário, do britânico Danny Boyle, confirmou oito das dez indicações ao Oscar que recebeu.

Conta a vida de Jamal Malik, pobre e sem instrução formal, que participa de uma espécie de “show do milhão” na TV. Oito também foram as estatuetas de Gandhi, o épico filmado por Richard Attenborough em 1982, que não envelhece nem perde a força.


Para rir e refletir

India exotica

O irreverente jornalista Arthur Veríssimo, da revista Trip, lançou este ano o documentário Índia Exótica, que tenta desvendar mistérios por trás da cultura, das artes, do esporte e das festividades religiosas milenares.

Repleto de intervenções curiosas, como a do homem que mantém uma das mãos para o alto há 25 anos em sinal de devoção, o DVD duplo pode ser visto em doses homeopáticas.

 

Álbum fotográfico
Hugo LimaO blog http://hugo-lima.com/blog narra as aventuras do fotógrafo português Hugo Lima pelo país. Tem links para pastas de fotos incríveis e vários vídeos que fez durante as duas vezes em que esteve por lá. “Mais que magníficas paisagens, mais que exuberantes obras arquitetônicas, o que eu trouxe da Índia comigo foram as pessoas, o seu povo e a sua enorme grandeza e riqueza interior”, disse Hugo. Para entrar no clima, acesse o blog ouvindo o CD Índia Bazaar, uma coletânea que apresenta estilos musicais indianos como o bhangra e o indipop, além de sucessos de Bollywood.

Nua e crua

O livro Uma Vida Menos Ordinária é o relato de Baby Halder, uma entre tantas mulheres indianas submetidas à tirania de uma sociedade patriarcal e preconceituosa. Duro e triste, mas com força que faz ler as 225 páginas de uma só vez (Editora Arquipélago, R$ 38). Outra surpreendente viagem à realidade indiana está em O Tigre Branco (Ed. Nova Fronteira, R$ 35, em média) – narrativa divertida de Balram Halwai, filho de um condutor de riquixá que vai ser motorista de família rica. O livro deu ao jovem autor indiano Aravind Adiga o Man Booker Prize 2008 – um dos maiores prêmios mundiais do meio editorial.


 

 

 

registrado em: ,