Você está aqui: Página Inicial / Revista do Brasil / Edição 100 / Chat eleitoral
Número 100, Outubro 2014

Chat eleitoral

por Cida de Oliveira publicado 01/11/2014 09h57

Fim de noite de sábado, véspera de primeiro turno. O dia puxado vem chegando, e com ele toda a atenção para a movimentação de eleitores, candidatos, cabos eleitorais e santinhos espalhados pelas ruas, as pesquisas que vão sair ao fechar das urnas. O rádio e atenção continuam ligadíssimos. E o sono não dá o ar da graça.

No tapete, Haroldo Hobbes, encolhido, completa seu tempo de sono, que estimo em 80% da vida do felino. Mesmo que estivesse acordado, seu miado insistente em pouco ajudaria para passar o tempo – embora muita vezes parece pensar que é gente.

O jeito é jogar conversa fora pela internet. À entrada do chat, que apelido usar? Nomes de heroínas, da realidade ou da ficção, geralmente funcionam bem ali: Anita Garibaldi, Olga Benário, Joana D´Arc, Anna Karenina, Scarlet O’Hara... Não, não e não. Desta vez, vou de Dilma. Dilma Rousseff.

Dilma Rousseff 48 SP entra na sala...

Um certo HSP49 bufa, saindo da sala: – Ninguém merece...

Flor de Liz (com “z” mesmo) se manifesta.

– Flor de Liz fala para Dilma Rousseff 48 SP: uuuuuuuuuuuuuuuu

Mas continua na sala. A expectativa é de que tem um estoque de vaia para soltar, assim que um Kzado Busca ou um HRomantico der uma trégua no assédio virtual.

Helena de Troia entra na sala, não consegue se conter.

Helena de Troia fala para Dilma Rousseff 48 SP: Sapata, vaca...

Dilma Rousseff 48 SP fala (reservadamente) para Helena de Troia: O que é isso companheira?

Helena de Troia fala para Dilma Rousseff 48 SP: Não tem vergonha não????

Dilma Rousseff 48 SP fala (reservadamente) para Helena de Troia: companheira, por que me ofende tanto? Não gosto de gregos... Fique com todos eles pra vc.

Helena de Troia fala para Dilma Rousseff 48 SP: ah, sim... vc só gosta de cubanos kkkkkkk

Dilma Rousseff 48 SP fala (reservadamente) para Helena de Troia: Sim, adoro Andy Garcia. Pena que não tenha ficado na ilha...

O bate-bapo, mais pra bate-boca, parece ir longe. A abordagem, o tom e as palavras grosseiras repetem comentários, virtuais ou não, dirigidos à presidenta. Minha memória não registra nada semelhante dirigidos a FHC. Muito menos a Lula, que desperta tantas reações, inclusive odiosas. Questão de gênero? Na ausência de uma conversa mais amigável, de nível, melhor talvez seja contar carneirinhos.

Noite de segunda-feira. Governadores, senadores e deputados eleitos, reeleitos ou frustrados. E outros candidatos com segundo turno pela frente, a tirar-lhes o sono.

Dilma Rousseff 48 SP entra na sala, ou melhor, novamente em ação.

Sério e Seletivo fala (reservadamente) para Dilma Rousseff 48 SP: ninguém merece!!!!!!..........(assim mesmo, com todos essas exclamações e pontos). Sem a menor bola, deixa a sala.

Marcelo SP fala (reservadamente) para Dilma Rousseff 48 SP: Votei no Aécio. Mas sabe que acho você atraente???????

  • Dilma Rousseff 48 SP (reservadamente) para Marcelo SP: Hum... podemos falar sobre segundo turno?