Você está aqui: Página Inicial / Política / 2018 / 07 / Jornais europeus repercutem disputa no Judiciário após pedido de soltura de Lula

exceção

Jornais europeus repercutem disputa no Judiciário após pedido de soltura de Lula

"Queda de braço" foi uma das expressões mais usadas; Le Monde, da França, falou em "teatro político"
por Poliana Dallabrida, do BdF publicado 09/07/2018 10h43
"Queda de braço" foi uma das expressões mais usadas; Le Monde, da França, falou em "teatro político"
Reprodução
lula moro

Na França, o jornal Le Monde ressaltou a "sensação" causada pelo pedido de soltura do ex-presidente

Brasil de Fato – O pedido de soltura do ex-presidente Lula (PT) repercutiu nos principais jornais europeus nesta segunda-feira (9).  Embora o embate entre os juristas tenha acontecido no fim da tarde de domingo, devido ao fuso-horário, os internautas puderam acompanhar o embate em tempo real pela internet. 

O Público, de Portugal, adotou uma manchete objetiva e falou na "queda de braço" que resultou na "suspensão da ordem de libertação de Lula da Silva".

No editorial, o veículo afirma que o Judiciário brasileiro é o reflexo de um Brasil dividido: "A cacofonia judicial só serve para amplificar a descrença, o desespero e o discurso fascista de Bolsonaro".

Como possui um canal específico para a América Latina, a agência estatal Rússia Today divulgou ao público russo apenas a notícia da anulação do pedido de soltura pelo presidente do TRF4 Carlos Thompson Flores. A cobertura da editoria Internacional está praticamente toda concentrada nos preparativos para as semifinais da Copa do Mundo.

Na França, o jornal Le Monde ressaltou a "sensação" causada pelo pedido de soltura e atentou para o fato de que o juiz Sérgio Moro escreveu o despacho contra a soltura de Lula enquanto estava de férias. Segundo artigo publicado na versão online, foi feito "um teatro político para não cumprir ordens".

O jornal italiano La República disse que houve um embate entre os juízes em torno de Lula e profetizou que esta não será a última batalha travada para soltura do ex-presidente.

A revista Der Spiegel, da Alemanha, afirmou que essa "luta entre juízes" terá influências diretas nas eleições deste ano, visto que Lula está "claramente à frente nas pesquisas" de intenção de voto.

registrado em: , , , , ,