Você está aqui: Página Inicial / Política / 2017 / 04 / Perseguição e parcialidade fazem cair apoio à Lava Jato, aponta pesquisa CUT/Vox

após três anos

Perseguição e parcialidade fazem cair apoio à Lava Jato, aponta pesquisa CUT/Vox

Para 68% dos entrevistados, procuradores de Curitiba erram ao acusar o ex-presidente Lula sem provas, e cai o número daqueles que acompanham os desdobramentos da operação com muito interesse
por Redação RBA publicado 19/04/2017 13h36, última modificação 19/04/2017 13h38
Para 68% dos entrevistados, procuradores de Curitiba erram ao acusar o ex-presidente Lula sem provas, e cai o número daqueles que acompanham os desdobramentos da operação com muito interesse
Ricardo Stuckert/IL/José Cruz/ABr
Lula e Moro

Para 42% dos entrevistados, integrantes da Lava Jato não são justos e atacam mais Lula e o PT

São Paulo – Pesquisa CUT/Vox Populi, parcialmente divulgada na terça-feira (18), demonstrou que, se as eleições presidenciais fossem hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria em todos os cenários. O mesmo levantamento também mostra que vem caindo o interesse dos brasileiros pela Operação Lava Jato. Por outro lado, é maior o número de pessoas que acham que Lula e os petistas são perseguidos pelos procuradores de Curitiba.

Entre novembro de 2016 e abril deste ano, segundo o instituto, caiu de 44% para 25% o percentual daqueles que se interessavam muito pela Lava Jato, em seu início, e continuam muito interessados, até o momento. Entre os que demonstram nenhum interesse, o percentual subiu de 13% para 22%. Aqueles que antes se interessavam muito e agora acompanham com menos interesse seguem praticamente estáveis, variando de 19% para 18%, no mesmo período. 

O percentual de brasileiros que acham que Lula é culpado caiu de 55% para 49%, e, no sentido inverso, subiu de 28% para 34% aqueles que acham que o ex-presidente não é culpado. Apenas 17% não responderam. 

Para 68%, os procuradores erram ao acusar o ex-presidente sem provas. Já aqueles que acham válidas as denúncias sem provas caíram de 30% para 28%. Somam 92% os entrevistados que tomaram conhecimento da ações da Lava Jato contra Lula. 

Também subiu, de 37%, em novembro, para 42%, em abril, aqueles que identificam que os integrantes da Lava Jato não são justos e atacam mais Lula e o PT do que o restante dos supostos envolvidos no escândalo de corrupção. Já o total daqueles que acreditam que a Operação Lava Jato é justa e isenta caiu de 51% para 45%. 

Para Marcos Coimbra, diretor do instituto Vox Populi, após três anos de excessos e espetáculo midiático, a população começa a perceber a manipulação e o tratamento diferenciado dado a políticos delatados na operação.

"Hoje, com as redes sociais e os blogues progressistas, as pessoas se informam por meio de diversas fontes. Enganam-se aqueles que acham que podem manipular a notícia como no passado", afirma o pesquisador.

O levantamento CUT/Vox Populi entrevistou 2.000 pessoas, em 118 municípios. A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%. Foram ouvidas pessoas com mais de 16 anos, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior.