Você está aqui: Página Inicial / Política / 2016 / 09 / Teori diz que foi inadequado afirmar que Lula quer 'embaraçar' a Lava Jato

recuou

Teori diz que foi inadequado afirmar que Lula quer 'embaraçar' a Lava Jato

Teori admitiu que usou expressão inadequada na semana passada, quando da decisão de negar um pedido dos advogados de Lula para suspender um processo que tramita na 13ª Vara Federal de Curitiba
por Redação publicado 15/09/2016 10h41, última modificação 15/09/2016 17h59
Teori admitiu que usou expressão inadequada na semana passada, quando da decisão de negar um pedido dos advogados de Lula para suspender um processo que tramita na 13ª Vara Federal de Curitiba
SCO/STF
Teori.jpg

Teori Zavascki recuou diante da repercussão negativa e pediu que esse trecho fosse suprimido da decisão

GGN – Após usar um despacho do Supremo Tribunal Federal contra a defesa de Lula na Lava Jato para dizer que o ex-presidente parece querer "embaraçar" as investigações, o ministro Teori Zavascki recuou diante da repercussão negativa e pediu que esse trecho fosse suprimido da decisão.

Teori admitiu, ontem (14), que usou expressão inadequada na semana passada, quando da decisão de negar um pedido dos advogados de Lula para suspender um processo que tramita na 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada pelo juiz Sérgio Moro. A decisão ficou mantida.

"É de se reconhecer ter sido inadequada, nas circunstâncias do caso e no que possa ser interpretada como pejorativa ao agravante, a expressão utilizada qualificando certos fundamentos da reclamação como 'tentativas de embaraçar as apurações'. O sentido da afirmação deve ficar compreendido como destinado unicamente a pontuar os já reiterados pronunciamentos da Corte contrários à tese da defesa", escreveu Teori.

No recurso ao STF, a defesa de Lula alegou que um "processo semelhante já estava aberto no Supremo. Por isso, Moro estaria usurpando uma atribuição do tribunal. Na decisão da semana passada, Teori discordou. Embora reconheça que há semelhanças, ele destacou que em Curitiba é investigado o possível recebimento de vantagem indevida. No STF, está pendente um pedido de investigação contra Lula por formação de quadrilha, feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot", destacou O Globo.

A fala de Teori contra a defesa de Lula virou capa de jornais e motivo de críticos de juristas, que condenaram a depreciação do direito de apresentar recursos ao Supremo.

registrado em: , ,