Você está aqui: Página Inicial / Política / 2016 / 05 / Jorge Viana denuncia que visitas a Dilma são controladas por esquema militar

Golpe

Jorge Viana denuncia que visitas a Dilma são controladas por esquema militar

Em discurso na tribuna do Senado, parlamentar afirmou que, para ver a presidenta, qualquer pessoa precisa passar por uma barreira e um militar fortemente armado: "A presidente eleita está sitiada?"
por Redação RBA publicado 19/05/2016 22h36, última modificação 20/05/2016 14h09
Em discurso na tribuna do Senado, parlamentar afirmou que, para ver a presidenta, qualquer pessoa precisa passar por uma barreira e um militar fortemente armado: "A presidente eleita está sitiada?"
Jefferson Rudy/Agência Senado
Jorge Viana

Jorge Viana: "A presidente eleita está sitiada? Que país é esse? Que governo provisório é esse?”

São Paulo – Em discurso na tribuna do Senado, o senador Jorge Viana (PT-AC) denunciou no início da noite desta quinta-feira (19) que o acesso à presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Alvorada, está sendo controlado por um esquema militar. Segundo ele, quem quer visitá-la precisa de autorização prévia e é obrigado a passar por uma barreira e "um militar fortemente armado".

Viana questionou a possibilidade de Dilma estar "sitiada" e apelou a autoridades para interceder. "Eu faço um apelo aos ministros da área militar, eu faço um apelo ao Palácio do Planalto, eu faço um apelo ao presidente Michel Temer", disse o senador.

Ele continuou: "Você tem um controle absoluto de qualquer pessoa que queira ter algum tipo de contato com a presidente Dilma: tem que passar numa barreira instalada antes do Palácio do Jaburu com uma grade, com um militar fortemente armado e não importa a função que você ocupe".

O senador do PT disse que havia acabado de visitar Dilma. "Eu estava com o presidente do Congresso Nacional e tivemos que nos identificar, esperar um bom tempo para que telefonemas fossem dados para ver se nós podíamos passar para fazer uma simples visita à presidente Dilma. Isso significa que a presidente eleita está sitiada? Que país é esse? Que governo provisório é esse?"

registrado em: ,