Você está aqui: Página Inicial / Política / 2013 / 08 / Secretário de Alckmin e presidente da Siemens são 'convidados' a depor na Assembleia

corrupção no metrô

Secretário de Alckmin e presidente da Siemens são 'convidados' a depor na Assembleia

Também foram chamados para falar sobre denúncias os presidentes do Cade, do Metrô e da CPTM
por Eduardo Maretti, da RBA publicado 14/08/2013 19h12, última modificação 15/08/2013 00h45
Também foram chamados para falar sobre denúncias os presidentes do Cade, do Metrô e da CPTM
©danilo verpa/folhapress
alckmin jurandir metrô

Alckmin entre o secretário Fernandes (esquerda) e o presidente do Metrô

São Paulo – A Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa aprovou na tarde de hoje (14) "convites" para que o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, e o diretor-presidente da Siemens no Brasil, Paulo Stark, esclareçam as denúncias de corrupção e formação de cartel em contratos do Metrô e da CPTM nos últimos 20 anos de governo do PSDB em São Paulo.

Os requerimentos originais mencionavam o termo “convocação”, mas por acordo com os deputados da base do governo foram  transformados em “convites”.

“Eles não são obrigados a vir. Agora queremos ver se aquilo que o governo diz, que tem o desejo de esclarecer, é real. Afinal o órgão competente para fiscalizar o Executivo é a Assembleia Legislativa”, diz o deputado Alencar Santana (PT), presidente da Comissão.

Leia também

Além Fernandes e Stark, serão chamados pela Comissão os presidentes do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, e da CPTM, Mário Manoel Rodrigues Seabra Bandeira, e o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Vinicius Marques de Carvalho.

O presidente do Metrô e da CPTM devem também prestar esclarecimentos sobre os acidentes recentes, ocorridos na CPTM dia 30 de junho, quando um vagão da Linha 7-Rubi descarrilou entre as estações Piqueri e Pirituba (zona norte), e na Linha 3-Vermelha do Metrô, no dia 5 de agosto, quando uma composição da frota K descarrilou perto da estação Barra Funda.

“O principal objetivo dos convites a essas autoridades é obter esclarecimentos sobre as denúncias de conluio entre as empresas que participaram das licitações, mas principalmente a eventual participação de representantes do governo do estado, do Metrô, da Secretaria de Transportes, em irregularidades, desvio de dinheiro público e facilitação em processo licitatório”, afirma Santana.

“Como o requerimento foi transformado em convite, a gente espera é que eles venham à casa e demonstrem a transparência e disposição em dialogar e esclarecer.”

Comissão de Transportes

Ontem, a Comissão de Transportes e Comunicações (CTC) também aprovou requerimentos para solicitar ao Cade cópia dos procedimentos e depoimentos sobre o termo de leniência firmado com a Siemens.

Como a Comissão de Infraestrutura, o colegiado aprovou requerimentos para convidar o presidente do Cade, o secretário de Transportes Metropolitanos e o presidente da Siemens.