Você está aqui: Página Inicial / Política / 2012 / 10 / Enquanto PDT paulista dá apoio a Serra, direção do partido fecha com Haddad

Enquanto PDT paulista dá apoio a Serra, direção do partido fecha com Haddad

por Vitor Nuzzi, da RBA publicado , última modificação 16/10/2012 16h12

São Paulo – A Executiva Nacional do PDT declarou hoje (16) apoio ao candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad. A decisão se choca com a do PDT estadual paulista, que se aliou a José Serra (PSDB) no segundo turno, após seu candidato, o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, perder na primeira fase da eleição. Líder da Força Sindical, Paulinho também é presidente do PDT em São Paulo. O partido ocupa a Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho do governo estadual.

Segundo a nota divulgada pela direção, o partido afirma que decidiu apoiar a candidatura do "Professor Fernando Haddad" porque ele representa, na cidade de São Paulo, “os compromissos com as conquistas sociais e com a escola de horário integral, que são as principais bandeiras do Trabalhismo”.

Na semana passada, ao anunciar seu apoio ao tucano, Paulinho disse sua preocupação era “dividir o poder” em São Paulo para que a presidenta Dilma Rousseff pudesse “tratar melhor os trabalhadores”, referindo-se a reivindicações não atendidas pelo governo. Em nível federal, o PDT tem justamente o Ministério do Trabalho e Emprego, hoje com Brizola Neto. O ministro, inclusive, deverá estar amanhã (17) em São Paulo participando de plenária de sindicalistas em apoio a Haddad.