Você está aqui: Página Inicial / Política / 2012 / 07 / Dilma viaja para Londres para ver abertura dos Jogos Olímpicos e divulgar o país

Dilma viaja para Londres para ver abertura dos Jogos Olímpicos e divulgar o país

por Renata Giraldi e Yara Aquino, da Agência Brasil publicado , última modificação 24/07/2012 09h15

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff, acompanhada por uma comitiva de ministros, viaja hoje (24) por volta das 16h para Londres, capital do Reino Unido, onde fica até o dia 28. Ela programou uma intensa agenda, que inclui a abertura da 30ª edição dos Jogos Olímpicos, quando aproveitará para promover o Brasil como destino turístico, e atividades de fortalecimento do Programa Ciência sem Fronteiras, além de várias reuniões.

Dilma deve viajar acompanhada pelos ministros Helena Chagas (Comunicação Social), Aldo Rebelo (Esportes), Antonio Patriota (Relações Exteriores), Gastão Vieira (Turismo), Aloizio Mercadante (Educação) e Marco Antonio Raupp (Ciência, Tecnologia e Inovação), além do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS).

Dilma tem conversa marcada com o primeiro-ministro britânico, James Cameron, e participa de uma recepção oferecida pela rainha Elizabeth II aos chefes de Estado e de Governo,  no Palácio de Buckingham. Amanhã  (25), a presidenta se reúne com  Cameron.

A expectativa é que Dilma e o primeiro-ministros tratem dos efeitos da crise econômica internacional sobre a Europa e o restante do mundo. Vários países da zona do euro, como a Espanha, Portugal e Grécia, estão entre os que mais sofrem com os impactos da crise.

Paralelamente, a presidenta aproveita a viagem para divulgar a Copa do Mundo de 2014, no Brasil,  e as Olimpíadas de 2016,  no Rio de Janeiro. A ideia é que o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), durante os Jogos Olímpicos de Londres, aproveite para promover os destinos brasileiros no exterior. A presidenta estará à frente da campanha.

Na quinta-feira (26), ciência e educação dominam o dia da presidenta. Ela visita o Museu de Ciências acompanhada pelo cientista e doutor em cosmologia Stephen Hawking. Dilma também tem encontro com estudantes do Ciência sem Fronteiras. A intenção do governo é enviar 100 mil profissionais e pesquisadores em quatro anos para diversos países.

Por meio do Ciência sem Fronteiras, o governo promete custear 75 mil bolsas e espera que a iniciativa privada viabilize mais 25 mil. O programa inclui desde bolsas do tipo sanduíche (em que parte do curso é feita no Brasil e outra parte no exterior) de graduação até pós-doutorado em 18 áreas de tecnologia, engenharia, biomedicina e biodiversidade. No dia 26, deve ser assinado o termo de compromisso entre o Brasil e o Reino Unido para incluir universidades britânicas no programa.

Também na quinta-feira, Dilma inaugura a Casa Brasil. No local, foi organizada uma exposição sobre ciência e tecnologia na área de esportes. A mostra foi montada para promover as Olimpíadas de 2016, com sede no Rio de Janeiro. A sexta-feira (28) será dedicada à abertura do 30º Jogos Olímpicos.

As cerimônias de abertura e encerramento poderão ser acompanhadas por meio das transmissões de televisão por aproximadamente 4 bilhões de pessoas no mundo, segundo os organizadores dos Jogos. No total, são 29 modalidades e 26 esportes. A previsão é que cerca de 10,5 mil atletas de 192 países e 13 territórios participem. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) reuniu uma equipe de 259 atletas, dos quais 136 são homens e 123, mulheres. Eles disputarão 32 modalidades olímpicas.